This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

HOSPITALAR 2019 Já emitiu sua credencial gratuita? Clique aqui

Como é o dia de uma agência com trabalhos em saúde?

By 30 de julho de 2014 Mercado

Como é a rotina de uma agência que produz soluções de saúde? Trouxemos uma entrevista com a Fúria7 sobre alguns de seus projetos de comunicação na área de saúde mobile.

A fúria7 tem missão de desenvolver a mobilidade digital de empresas, investir no entendimento do público e realizar as ações de relacionamento ideais para ele com propostas no mercado mobile.

Quem são os sócios da empresa e qual o background de cada um?

Fernando Outa

Diretor de Criação

Co-fundador da Mobiexpress, ex-sócio da quadraCriativa. Trabalhou em diversas agências como F/Nazca, Fisher, Grey Interactive e Tribo, com passagens em NY na Condè Nast. Mestrado em Design na Pratt Institute NY.

Paulo Mathias Jr

Trabalhou no mercado financeiro para empresas como: Citibank, Itaú Personnalité, atendimento no mercado esportivo: Reebok, Amazonas Sandals, e FIFA.

Renan Praxedes

CTO

 Apaixonado por programação. Formado em Análise e Desenvolvimente de Sistemas pela a faculdade UNIESP, foi responsável por projetos para Fedex, oqvestir especializado em php, html5, CSS3, js, jquery

Qual a história da empresa? Há quanto tempo ela está no mercado?

A Furia7 foi criada em Janeiro de 2013 com o foco em inovação digital. Nosso background vem de agência offline e digital a mais de 15 anos criando para clientes como: Pfizer, Roche, Citroen, Mercedes-Benz, Jeep, Chrysler, Johnson&Johnson, Skol, Brahma, Hersheys, Oqvestir, Ibmec, Fedex, DHL, Gradiente, Allergan, Abbott.

Como foi a entrada da Fúria7 no mercado da saúde?

Começamos a fazer sites e hotsites na área da saúde, e logo em seguida aplicativos Mobile como o Diário da Dor, feito em conjunto com o Dr Mario Peres.

Como é o Diário da Dor? Qual o feedback dos usuários?

O Diário da Dor é um aplicativo sobre gestão de dor de cabeça crônica, aonde as pessoas podem fazer a inserção de suas dores, características, intensidade. Ela auxilia no envio desses dados por meio de um relatório aos médicos e também no cadastro e lembrete de remédios relacionados ao seu tratamento.

Fazer um aplicativo para saúde teve o mesmo procedimento de um aplicativo em outras indústrias ou tiveram cuidados especiais?

Tomamos o cuidado de conversar com diversos médicos, profissionais da indústria farmacêutica, CODAME e CFM.

Como vocês vêem a publicidade na área da saúde e quais as oportunidades para o setor?

Infelizmente na área da saúde é restrito qualquer tipo de comunicação sobre algum medicamento e divulgação de qualquer dado sobre médicos e pacientes. Vemos aqui uma oportunidade de inovação na comunicação com aplicativos mobile e futuramente em aparelhos bluetooth (wearables)

Como é o aplicativo de oftalmologia que vocês desenvolveram  e como foi a receptividade do mercado para o mesmo?

Desenvolvemos um novo produto também na área da saúde que é o Clinicapps.  Um produto para Clínicas e Hospitais aonde  serve para aproximação do paciente com seu médico. Ele tem como principal função divulgar o Médico e seu consultório, auxiliar na comunicação, estabelecendo um novo ponto de contato mais direto do paciente e o médico. Ele é customizado para cada clínica com as informações mais importantes de sua especialidade.

em breve estaremos com o site no ar. Este já foi comercializado para 10 Clínicas de KOL(key Opinion Leaders)  Ele foi muito bem recepcionado e vem ganhando aderência em outros setores da indústria.

Quais outras iniciativas de saúde você já desenvolveram ou pensam em desenvolver?

Estamos com outras iniciativas no desenvolvimento de wearables para o nosso aplicativo Clinicapps ainda em fase Beta.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply