This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

+100 PALESTRANTES Saiba quem estará nos palcos do HIS19. 🎙 Clique aqui

Após incentivos, indústria brasileira de equipamentos clama por inovação

By 17 de abril de 2013 Mercado

A indústria brasileira de materiais e equipamentos para saúde está celebrando o que alguns especialistas classificaram como uma ?nova era? para inovação. Na semana passada, o governo federal lançou o Inova Saúde, um programa que unifica o processo de concorrência para obtenção de apoio e crédito para projetos de inovação do setor.

Juntos, a Finep, o BNDES e o Ministério da Saúde, disponibilizarão recursos que totalizam R$ 600 milhões para a cadeia produtiva de equipamentos investir em produtos ainda não manufaturados dentro do mercado nacional.

O objetivo da medida é reduzir a dependência junto ao mercado externo no que tange à compra de equipamentos médico-hospitalares. Praticamente metade de tudo que é comprado deste segmento vem de fora do país. A indústria nacional participa com 2% do faturamento global da cadeia. No ano passado, ela somou R$ 14 bilhões de faturamento ? número considerado muito baixo para um país como o Brasil.

Durante o 2º Congresso de Inovação em Materiais e Equipamentos para Saúde (Cimes), realizado nesta terça-feira, 16 de abril, representantes da indústria e dos agentes de fomento do governo discutiram o que precisa ser feito para que este cenário seja revertido e que a inovação passe a fazer parte do cotidiano das empresas fabricantes nacionais.
Franco Pallamolla, presidente da Abimo, entidade que organiza o encontro, afirmou que nos últimos anos alguns gargalos foram resolvidos para impulsionar a inovação. Ele citou a criação de linhas de financiamento e mecanismos de garantia de compra por parte do governo como alguns dos avanços. Contudo, ele acredita que seja necessário aproximar as empresas dos centros de pesquisa e universidades brasileiras para fomentar a a criação de projetos inovadores. ?O desafio agora passa a ser nosso. Cabe a nós, empresários e academia, acelerar essa prospeção?, sugeriu, durante a abertura do evento, realizado em São Paulo.
João Paulo Pieroni, gerente setorial do complexo industrial da saúde do BNDES, declarou que a expectativa do agente financiador é muito grande de que esse programa possa alavancar investimentos em direção à inovação. Na próxima semana, o banco divulgará um estudo que baseou a escolha dos segmentos prioritários para incentivo financeiro à inovação dentro da cadeia de saúde.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply