This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Após aquisição de indústria, falta teste para tuberculose no SUS

By 10 de novembro de 2014 Mercado

O teste da tuberculina, também chamado de PPD, usado para diagnosticar tuberculose latente, ou seja, antes dos sintomas da doença aparecerem, vai deixar de ser fabricado. O Ministério da Saúde divulgou nota técnica para programas estaduais e municipais indicando as condutas a serem adotadas na falta do teste.

Produtor dos kits, o laboratório dinamarquês Statens Serum Institut anunciou a interrupção da fabricação após ser adquirido pela multinacional francesa Sanofi. O governo brasileiro foi avisado do problema no primeiro semestre, ao fazer as encomendas dos testes para o período entre 2014 e 2015.

O PPD é feito em pessoas com maior risco de contrair tuberculose, com quem mora com infectados e pessoas que têm HIV/Aids, para detectar a infecção latente e tratar antes que a pessoa adoeça. Segundo o Ministério da Saúde, o país ainda está tem o PPD em estoque, e a falta não vai comprometer o Programa Nacional de Tuberculose.

A pasta afirma que está em contato com a Organização Mundial da Saúde para buscar alternativas para o problema – que vão da compra de testes mais caros à transferência de tecnologia para fabricação nacional.

Em 2013, a incidência de tuberculose foi 35 casos por 100 mil habitantes, 21,17% menor do que em 2003, quando esta taxa era 44,4 por 100 mil. O número de casos novos teve redução de 10,5%, passando de 78.606, em 2003, para 70.372 casos novos registrados em 2013.

Considerado importante problema de saúde pública, a tuberculose é uma doença causada pelo bacilo de Koch (Mycobacterium tuberculosis), que afeta vários órgãos do corpo, mas principalmente os pulmões. É transmitida pelo ar, quando o paciente tosse ou espirra. Os principais sintomas são tosse prolongada, geralmente mais de três semanas, com ou sem catarro, cansaço, emagrecimento, febre noturna e suor noturno.

Em 1993, a OMS declarou a tuberculose como uma emergência global.

* com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply