This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Device de apoio ao diagnóstico ganha XChallenge da Nokia

By 12 de novembro de 2014 Hospital
tecnologia-em-saude-saude-digital-rHealth-device

A revolução da saúde digital está acontecendo lentamente com empresas como Apple e Google e em áreas de fitness, mas poucas são as gigantes investindo em medicina. Alguns esforços estão sendo feitos e Dr. Eugene Chan está no DNA Medical Institute com o objetivo de fazer uma contribuição direta para a medicina. Ele criou um device que pode diagnosticar centenas de doenças usando uma única gota de sangue com uma acurácia de muita qualidade.

Conhecido como rHEALTH, a tecnologia em saúde foi desenvolvida ao longo de sete anos com parceiros como a NASA, os National Institutes of Health e a Bill and Melinda Gates Foundation. Essa semanam ele ganharam outro prêmio e mais investimento, ganhando o Nokia Sensing XChallenge uma grande competição da área.

O XChallenge tem objetivo de acelerar inovação em tecnologias de sensores que resolvam problemas de saúde, como equipamentos de saúde digital, telemedicina e outros. Os times vêm com ferramentas e ideias para resolver algum problema, como o diagnóstico ou o acesso a saúde.

A tecnologia do rHEALTH é altamente sensitiva, quantitativa e capaz de ser aprovada pelo FDA, oferecendo um ótimo atendimento para os consumidores.

O device funciona assim: uma gota de sangue é colocada em um recipiente, onde nanofitas e reagentes reagem com os componentes do sangue. O coquetel vai para um micro-mixer e colocado sob lasers que usam variações de intensidade e tipo de luz para chegar a um diagnóstico, desde gripe a pneumonia ou até Ebola em alguns minutos.

saude-digital-rHEALTHHá também um patch que os usuários podem vestir para adquirir leituras contínuas de informações do corpo, como batimentos cardíacos, temperatura corporal e outros dados entregues no smartphone do usuário por um link Bluetooth. Além disso, há uma unidade que auxilia no apoio ao diagnóstico, possibilitando até um auto-diagnóstico e sendo abrangente nas áreas de saúde digital.

A verdadeira inovação da rHEALTH, de acordo com Chan, é colocar todas as ferramentas diagnósticas em um só serviço e device. Com isso, os pacientes terão que dar 1500 vezes menos sangue para a realização de testes regulares. Como foi desenvolvido pela NASA, o device está sendo testado em uma situação de gravidade zero. “É uma sinfonia de inovações, mas nós trouxemos todas elas para criar o device.”

A esperança é que pessoas poderão utilizar a tecnologia para fazer mudanças significativas de estilo de vida, baseadas em dados médicos reais e robustos. Até agora, o device é confiável para contagem de células, identificação de HIV, níveis de vitamina D e outros marcadores de proteína no corpo. Os próximos desafios, de acordo com ele, são a adição de novos testes, a escala de produção e todos os procedimentos para a comercialização do device. A empresa está comercializando três modelos diferentes: o rHEALTH One, que será usado para pesquisa, o rHEALTH X, usado por clínicos e o rHEALTHX1, disponível para consumidores.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply