This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Levantamento do hospital Samaritano Higienópolis mostra aumento de 275% em cirurgias eletivas

By 1 de setembro de 2020 Hospital, Mercado

O primeiro lugar é ocupado por otorrinolaringologia, com aumento de 608% comparando o mês de abril e de julho; Cirurgia Plástica aparece em quarto com 289%

O retorno das cirurgias eletivas foi marcado por fluxos individualizados e ainda mais seguros para o paciente durante o enfrentamento da Covid-19. Neste cenário, algumas especialidades tiveram um aumento significativo de procedimentos e se destacaram neste período em comparação com o mês de abril, início da pandemia. Um levantamento do Hospital Samaritano Higienópolis mostra este crescimento no comparativo do mês de abril e o mês de julho – um crescimento de 275% nas cirurgias eletivas de forma geral. O primeiro lugar é ocupado por otorrinolaringologia com aumento de 608%, seguido por Ortopedia (341%) e Neurocirurgia (296%). “Uma leitura destes dados nos permite observar que passados os primeiros meses as pessoas aproveitaram o período da quarentena, incluindo a recuperação em home office, para resolverem pendências de saúde, que mesmo não sendo de urgência não podem esperar, e também aproveitaram o benefício de estarem com plano de saúde. Os fluxos diferenciados foram fundamentais para a sensação de segurança e decisão do paciente e equipe médica”, diz Dr. Edilson Ogeda, gerente médico do Bloco Cirúrgico da unidade.

Em otorrino, as cirurgias principais foram: desvio de septo, cirurgias de adenoides e amígdalas e dos seios paranasais (sinusectomias). Em ortopedia foram cirurgias para correção de problemas de joelho e quadril. Já em neurocirurgia as mais comuns foram cirurgias de coluna. Neste ranking de aumento percentual, aparecem também Cirurgia Plástica (289%), Ginecologia (274%) em quinto lugar, e na sequência Cirurgia do Aparelho Digestivo (241%), e Urologia (232%).

Alta demanda por cirurgia plástica

A alta demanda por cirurgia plástica causou surpresa no comparativo com outras especialidades no mês de julho, com quase 10% da demanda total das cirurgias eletivas. “O inverno já é a estação do ano com maior procura por cirurgias plásticas pelo frio, pelas férias, e por seus efeitos no verão. Na pandemia o trabalho em home office contribuiu para esta procura, já que pacientes aproveitaram para se recuperar e continuar trabalhando, sem precisarem se ausentar”, explica Dr. Flavio Marchini, cirurgião plástico do hospital Samaritano Higienópolis. Os procedimentos mais procurados foram abdômen, mama (prótese), e pálpebras, assim como preenchimento e botox. Este crescimento não foi observado apenas no Brasil. Publicações médicas internacionais, como a Medical Xpress, também notaram este fenômeno durante a pandemia em alguns países, como Estados Unidos.

Fluxo de segurança

O hospital Samaritano Higienópolis adotou uma série de medidas para receber seus pacientes com total segurança. Muito fluxos foram individualizados desde as consultas até as cirurgias e exames. Os horários destes atendimentos foram espaçados; ações como a higienização após a saída de cada paciente foram intensificadas; e as admissões são realizadas através de check-in telefônico. No caso das cirurgias eletivas, o paciente já é encaminhado direto para quarto no hospital; salas preparadas e centro cirúrgico exclusivo para pacientes ‘não Covid’; e com até 2 dias úteis antes do procedimento eles passam por teste PCR. A recuperação pós-anestésica acontece em leitos espaçados, e há uma UTI dedicada a pacientes ‘não Covid’, além de 3 andares de internação exclusivos. A alta é realizada direto no quarto. “Fluxos que já eram seguros, foram pensados de forma ainda mais cautelosa e customizada, para cada etapa da cirurgia, desde a entrada até a saída do paciente”, salienta Dr. Edilson Ogeda.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.