This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Hospital Alemão Oswaldo Cruz adquire robô de última geração para armazenamento de medicamentos

By 20 de dezembro de 2019 Hospital, TI e Inovação

Instituição é o primeiro hospital da América Latina a contar com robô Rowa, da BD

Como parte do projeto de automatização de seu almoxarifado, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz passa a operar com robô de última geração no estoque e gerenciamento dos medicamentos armazenados, sendo o primeiro da América Latina a contar com essa tecnologia. O Rowa Technologies, da BD, por meio de Inteligência artificial acelera procedimentos ao otimizar a organização interna de medicamentos, com armazenamento, separação e distribuição, rastreabilidade dos produtos e monitoramento da validade.

A inteligência artificial do robô faz com que o mesmo aprenda práticas diárias de distribuição e opere de acordo com a demanda, atualize automaticamente o estoque, melhorando a velocidade e precisão da distribuição dos medicamentos (processo que leva aproximadamente 30 segundos). A solução ainda produz relatórios que determinam volume de saída de cada produto para fins de reposição, assim como inventário. O equipamento também conta com um refrigerador para a estocagem de produtos que precisam de temperaturas controladas e mantém um ambiente com clima estável para os demais remédios.

“Gerenciar medicamentos é um desafio que exige alta precisão logística. A tecnologia garante ao Hospital e à área de almoxarifado mais espaço de armazenamento, agilidade e ainda um espaço para 15 mil SKUs. Ganhamos espaço de estoque e diminuímos riscos de vencimento e perda de insumos, em um único sistema, com gerenciamento de entrada, armazenamento e saída de produtos”, explica Leonisa Scholz Obrusnik, gerente de Suprimentos do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e responsável pelo projeto na Instituição.

Como funciona cada etapa?

Primeiro o Hospital recebe da logística todos os medicamentos que chegam dos fornecedores. Caso seja em grande escala os itens são colocados em uma esteira do Rowa Technologies, que fotografa e insere no sistema as embalagens das medicações.

Depois, a caixa da medicação é armazenada, uma a uma, em questão de segundos. O armazenamento é feito de forma aleatória. Apenas a inteligência artificial sabe exatamente onde foi guardado e só atua perante a leitura da requisição. “Isso garante mais segurança e otimização dos espaços”, comenta Leonisa.

Para retirada da medicação a equipe do almoxarifado recebe pedido da farmácia central e dos demais setores, que atendem de acordo com prontuário eletrônico dos pacientes. Basta acessar a requisição dos medicamentos solicitados pelos setores, que ele localizará e disponibilizará o produto em sete segundos. O robô ainda reorganiza todo o armazenamento no período da noite, quando as solicitações são mais restritas, e faz o controle de estoque, que é acessado pelos fornecedores de medicamentos. “O estoque dentro do robô gira a cada sete dias”, finaliza Leonisa.

Sobre o Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Fundado por um grupo de imigrantes de língua alemã, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz é um dos maiores centros hospitalares da América Latina. Com atuação de referência em serviços de alta complexidade e ênfase nas especialidades de oncologia e doenças digestivas, em 2019 a Instituição completou 122 anos. Para que os pacientes tenham acesso aos mais altos padrões de qualidade e de segurança no atendimento, atestados pela certificação da Joint Commission International (JCI) — principal agência mundial de acreditação em saúde –, o Hospital conta com um corpo clínico renomado, formado por mais de 3.900 médicos cadastrados ativos, e uma das mais qualificadas assistências do país. Sua capacidade total instalada é de 805 leitos, sendo 582 deles na saúde privada e 223 no âmbito público. Desde 2008, atua também na área pública como um dos cinco hospitais de excelência do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) do Ministério da Saúde.

Sobre a BD

A BD é uma das maiores empresas de tecnologia médica do mundo que está promovendo o avanço da saúde ao investir na descoberta médica, no diagnóstico e na prestação de cuidados com a saúde humana e animal. A empresa apoia os profissionais que estão na linha de frente dos cuidados da saúde por meio do desenvolvimento de tecnologia, serviços e soluções inovadoras que ajudam a avançar na terapia clínica para pacientes e no processo clínico para os prestadores de cuidados de saúde.

A BD e os seus 65 mil funcionários têm paixão e compromisso em ajudar a melhorar os resultados dos pacientes e a segurança e a eficiência do processo de atendimento clínico, além de permitir aos cientistas de laboratório diagnosticar melhor a doença e promover as capacidades dos pesquisadores de desenvolver a próxima geração de diagnósticos e terapêuticos.

A BD tem presença em praticamente todos os países e parceiros com organizações de todo o mundo para abordar alguns dos problemas de saúde globais mais desafiadores. Ao trabalhar em estreita colaboração com os clientes, a BD ajuda a melhorar os resultados, reduzir os custos, aumentar a eficiência, melhorar a segurança e ampliar o acesso aos cuidados de saúde. Em 2017, a BD recebeu a C. R. Bard e seus produtos na família BD.
Para mais informações, acesse o site.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply