This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Hospital 4.0

By 16 de novembro de 2020 Hospital

Imagina um hospital que conte com soluções de inteligência artificial, um pronto-socorro digital, veículos elétricos que são protótipos para ambulâncias do futuro e atendimentos através da tela de um computador. Futurista demais? Algo que você só viu em filmes e na famosa série de animação “Os Jetsons”? Pois acredite, esse tipo de tecnologia já está à serviço da população!

O conceito, conhecido como Hospital 4.0, já vinha se desenvolvendo ao longo dos anos e foi acelerado com a pandemia, oferecendo um ambiente muito mais ágil, seguro, eficaz e de alta qualidade, sem o risco de contaminação pela Covid-19. Com diversas tecnologias aplicadas, é possível criar um hospital inteligente e conectado, em que as rotinas e os processos sejam otimizados e os profissionais de saúde consigam agir com mais agilidade e assertividade. Uma premissa importante é que nesse conceito, os pacientes são o centro do processo.

Um exemplo disso é o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, que possui diversas iniciativas neste sentido, por meio do Inova HFA. A proposta é transformar a unidade em uma espécie de laboratório, onde acontece a incubação e aceleração de projetos inovadores para escalar esses sistemas e produtos validados no HFA para unidades de saúde de todo o país.

Quem chega para ser atendido no HFA já se depara com câmeras térmicas, que medem rapidamente a temperatura de várias pessoas, simultaneamente – medida essencial no combate à pandemia da Covid-19. Mas, como isso é possível?

Em ação, subsidiando as equipes assistenciais, está o primeiro robô cognitivo gerenciador de riscos do mundo, o Sistema de inteligência artificial Laura, com a missão de identificar antecipadamente os riscos de deterioração clínica. Implementada desde março no hospital, por meio de um acordo de cooperação entre HFA, MCTI, Instituto Laura Fressatto e Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), a IA opera analisando mais de 90 variáveis de informações clínicas, que vão desde a frequência cardíaca até resultados de exames do paciente.

O Hospital conta ainda com a solução de Pronto Atendimento (PA) Digital do Robô Laura, onde um chat-bot tira dúvidas sobre o novo coronavírus ou queiram conferir se estão com sintomas característicos da doença, sem sair de casa, em uma triagem online no site da instituição. A solução ajuda a evitar aglomerações e diminuir idas desnecessárias ao pronto atendimento.

Outra solução remota é o atendimento via telemedicina, que permite o usuário ser atendido, 24 horas por dia, sete dias por semana. Por meio de um computador ou outro dispositivo móvel, pacientes e equipes médicas se conectam de onde estiverem. Para integrar os sistemas de telemedicina e do PA Digital do Laura, o hospital ainda criou o Smart HFA, uma plataforma de atendimento médico digital em experimentação. A iniciativa alia a triagem feita pela IA com o teleatendimento e, se for indicação do médico, o paciente pode ser encaminhado para atendimento presencial no HFA. A plataforma é uma cooperação entre Ministério da Defesa (MD) e MCTI e conta com parceria do Instituto Laura Fressatto e o Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE).

A partir deste cenário, o que acha de falar sobre o conceito de Hospital 4.0, utilizando o Hospital das Forças Armadas como case?

Para falar sobre o assunto sugiro falar com o Antônio Carlos F. Nunes, Diretor de Serviços e Soluções da RNP, que tem apoiado o HFA na construção desse hospital inteligente. A entidade, por meio de um acordo de cooperação, possibilitou a implementação do Sistema Laura, além da utilização de soluções como ConferênciaWeb, IPCEdu Certificação Digital, FileSender, Vídeo@RNP e Videoconferência, garantido a qualidade de transmissão de dados, alta disponibilidade, desempenho e segurança e uso de serviços.

Além disso, o HFA é também é um dos associados a Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), que integra as principais instituições de ensino e pesquisa e hospitais de referência do país, para troca de experiências sobre saúde e aprimoramento de projetos em telemedicina.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.