This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Evolução para o diagnóstico do câncer de mama

By 24 de outubro de 2019 Hospital

Estamos no Outubro Rosa, o mês internacional de combate ao câncer de mama, o mais frequente entre as mulheres no mundo inteiro. No Brasil, mais de 59 mil pacientes devem ser diagnosticadas com a doença, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Dependendo o tipo de tumor, o câncer de mama pode ser bastante agressivo, aumentar de tamanho rapidamente e provocar metástases, ou seja, espalhar-se para outros órgãos. A boa notícia é que as chances de cura aumentam expressivamente quando a doença é descoberta em estágios iniciais. Estatísticas internacionais apontam que tumores diagnosticados com menos de um centímetro têm 95% de chance de serem curados, segundo dados da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama).

A biópsia desempenha um papel fundamental no diagnóstico e estadiamento da doença. Se no passado o procedimento era feito por meio de cirurgias abertas e invasivas, atualmente o panorama mudou melhor. As pacientes contam hoje com a Core Biopsy, tipo de biópsia em que a agulha é guiada por uma tecnologia de imagem, como ultrassom ou mamografia estereotáxica. A escolha por um equipamento ou outro depende do tipo de lesão.

Na Core Biopsy, após localizar o nódulo mamário com o auxílio do equipamento de imagem, o médico anestesia a região e introduz a agulha, que está acoplada a pistola de punção, até alcançar os limites da lesão. O especialista que acompanha todo procedimento pela tela do equipamento, coleta um fragmento interno do nódulo em questão de segundos. Em seguida, a agulha é retirada e o material segue para análise patológica, que estabelecerá o diagnóstico e o estadiamento do tumor e trará mais informações para orientar o tratamento e o estabelecimento do prognóstico.

A principal vantagem da Core Biopsy é a rapidez com que é realizada e o baixo risco de intercorrências. Exige apenas anestesia local e promove uma incisão mínima, que não deixa cicatrizes. Pode ser utilizada, inclusive, na avaliação de pequenos nódulos, o que no passado requeria procedimentos mais invasivos. A paciente pode retomar suas atividades normalmente no mesmo dia.

A Core Biopsy representa uma grande evolução no estabelecimento do diagnóstico do câncer de mama. Em um momento extremamente delicado, o procedimento traz mais segurança para as mulheres, permitindo mais conforto e uma recuperação mais rápida e menos dolorosa. Sem dúvida, uma grande aliada da saúde feminina!

Sobre Hospital Certa

O Hospital Certa é um centro de referência em tratamentos avançados, que oferece uma moderna estrutura para realização de procedimentos ultra-especializados e minimamente invasivos. Se apoia nos modelos americanos de out-patient, em que o tratamento é realizado sem estadias desnecessárias, melhorando a qualidade de vida dos pacientes, diminuindo riscos e reduzindo os custos da assistência médica. Desde a fundação, o Certa registra um crescimento médio anual de 30% e tem índice zero de infecção hospitalar.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply