This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Digitalização viabiliza apoio às gestantes durante a pandemia

By 19 de agosto de 2020 Hospital

Com as recomendações de distanciamento social, futuras mamães estão experimentando o novo normal por meio de serviços digitais e redes sociais.

Dentre as muitas adaptações que a sociedade está vivenciando com a chegada da pandemia de COVID-19, uma das mais expressivas é a digitalização. Muitos serviços que antes estavam longe de serem vistos em seu formato digital, foram rapidamente convertidos. Esse processo também foi notado no mundo das gestantes e mães que, mais do que nunca estão utilizando a tecnologia em busca de proximidade, segurança, acolhimento, bem-estar e conhecimento em um dos momentos mais importantes de sua vida que é ter um filho, mas durante um período de incertezas com a chegada de uma nova doença que atinge o mundo todo.

O uso da internet no país durante a quarentena registra aumento de 40 a 50%, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Alguns serviços que não faziam parte do cotidiano sofreram transformações e apresentaram retornos tão positivos que poderão passar a ser permanentes mesmo depois da pandemia por conta da segurança e conveniência. E diversos momentos da jornada do paciente estão sendo impactados durante a crise da COVID-19, evidenciando oportunidades da tecnologia na saúde.

A necessidade de evitar aglomerações acelerou o desenvolvimento de processos de triagem digital, visando otimizar a ida de pacientes a hospitais. No caso da telemedicina, a demanda pelos atendimentos virtuais disparou e agora está presente na rotina de todos, por isso já vem sendo incorporada dentro ‘novo normal’.

Desde abril, as gestantes passaram a integrar o grupo de risco para a COVID-19 e, por isso, precisaram adaptar suas rotinas. Nas maternidades do Grupo Santa Joana, que contempla o Santa Joana, Pro Matre e Santa Maria, a digitalização como um todo viabilizou apoiar ainda mais as gestantes durante a pandemia.

Antes da pandemia, casais e familiares conheciam a estrutura das maternidades por meio de visitas presenciais. Atualmente, com a restrição da circulação de pessoas nas dependências hospitalares, essa visita foi adaptada para uma videochamada em que os detalhes e a infraestrutura são apresentados à futura mamãe por uma colaboradora da instituição. O serviço é gratuito e trouxe individualização ao atendimento.

A tradicional visita dos familiares após o nascimento do bebê também teve de ser suspensa, por isso os pais estão aproveitando a tecnologia e os aplicativos disponíveis para apresentar os novos membros à família. Os dados comprovam esse crescimento: as chamadas de vídeo por WhatsApp aumentaram até 76% durante esse período. E é também nesse aplicativo de mensagens que mães vêm se identificando e se unindo. Nele são enviadas mensagens de apoio, orientações para saúde mental e até dicas de leitura durante a pandemia. No grupo, as mulheres se identificam com outras que estão passando pela mesma situação: a de gerar um filho durante uma pandemia. Nesse contexto, se ajudam, compartilhando angústias, relatando dificuldades, oferecendo conselhos e amenizando o período de incerteza sobre o futuro. Quando os bebês nascem, os grupos se inflam de mensagens carinhosas, fotos e nutrem a vontade de que tudo passe e que as mães finalmente se conheçam pessoalmente.

Algo que também teve de ser adaptado foi o pré-natal. Antes da pandemia, as mães saíam de suas casas para realizar todas as consultas médicas durante o pré-natal, acompanhamento inadiável durante a gestação e necessário para a assistência à saúde da mãe e bebê. No entanto, com a necessidade de distanciamento social, o Grupo Santa Joana lançou o serviço de Pré-Natal Online, em que gestantes de baixo risco podem fazer consultas e obter orientações sem sair de casa.

Mantendo a segurança do lar e notando a importância da continuidade do apoio à gestante nesse momento de dúvidas sobre a maternidade, o Santa Joana lançou para as futuras mamães os cursos online de Gestante e Amamentação. Suas versões presenciais já eram oferecidas e foram adaptadas para a versão digital em formato de videoaula que podem ser assistidas quando e com quem a grávida desejar. Também foi disponibilizada a versão interativa do curso para gestantes por meio de videoconferências e a consultoria de amamentação online por videochamada para as mães de recém-nascidos.

Com o isolamento social, muitas delas não podem mais contar com o apoio dos pais e familiares que muitas vezes fazem parte do grupo de risco da COVID-19 e são orientados a não dividirem o mesmo ambiente com filhos e netos. Por isso, o Santa Joana está convertendo serviços com o objetivo de continuar oferecendo acolhimento, informação, assistência de qualidade e proximidade (mesmo à distância) às gestantes e puérperas.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.