Archives of #Inovação

Inovação na Saúde para já: o primeiro passo rumo ao futuro

Inovação na Saúde. Todo gestor ouve falar dela com frequência, mas em meio à complexa rotina dessas organizações, muitos ainda acreditam que inovar está no plano das ideias, é algo para o futuro. Alguns até se arriscam, mas as iniciativas ficam restritas a departamentos ou laboratórios, tornando-se cases que pouco impactam no cotidiano da assistência.

No entanto, a quebra bruta e abrupta de paradigmas acontece exatamente agora, em meio à transformação digital. O avanço exponencial da tecnologia promete mudar completamente o setor. Mas, para que a transformação aconteça, de fato, o primeiro passo é mudar a mentalidade – dos líderes, profissionais e também do paciente. Construir uma organização disruptiva e sólida depende, primeiramente, da reconstrução daquilo que se acredita que seja Saúde.

O modelo atual é sustentado quase que exclusivamente pela doença; a porta de entrada é o hospital, procurado, em geral, quando a pessoa já está enferma. O primeiro passo é reverter esse quadro e trabalhar a prevenção e a qualidade de vida, no lugar de apenas restabelecê-las. Tecnologias como inteligência artificial, dispositivos vestíveis, Internet das Coisas, big data, analytics, entre outras,  permitem trabalhar preventivamente de forma bastante assertiva. Combinados com mapeamento genético, os milhões de bytes de informação – gerados diariamente por protocolos eletrônicos, aplicativos, sistemas de gestão e outros dispositivos -, já permitem determinar o risco de um paciente desenvolver câncer, por exemplo. Na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, uma parceria com o Google permitiu criar um modelo que prevê com 95% de acerto a probabilidade de uma pessoa vir a óbito no momento em que dá entrada no hospital. A tecnologia ainda é capaz de determinar 85% dos casos em que a pessoa ficará internada por mais de sete dias e 75% daqueles que serão readmitidos no prazo máximo de 30 dias. Essa melhoria de eficiência é possível graças  à transformação dos dados em informação.

As organizações que tirarem a inovação dos laboratórios e, desde agora, a adotarem como parte da estratégia de seus negócios são aquelas que, em um futuro próximo, vão liderar esse novo setor. Ele será baseado nos 4 Ps listados pela Associação Europeia de Medicina Preventiva: prevenção, personalização, predição e participação. E será, de fato, um sistema de – e para – a saúde.

HIS reforça posicionamento após compra pela UBM

HIS – Healthcare Innovation Show 2018, um dos maiores eventos na área de saúde e medicina da América Latina que agora faz parte da unidade de negócios Healthcare da UBM Brazil, ocorre de 19 a 20 de setembro no São Paulo Expo. A recente aquisição pela UBM, maior organizadora de feiras B2B do mundo, ampliou as perspectivas desta edição, que já confirmou palestrantes e patrocinadores de peso. As inscrições podem ser realizadas clicando aqui.

O evento, que deve receber um público altamente qualificado de mais de 3 mil executivos de empresas de saúde, gestores hospitalares, médicos, pesquisadores e demais profissionais da área, já tem mais de 20 palestrantes confirmados vindos de instituições de renome. Como Albert Einstein, HCor, AC Camargo, Totvs, IBM, HCO Law, McKinsey, Pfizer, Sanofi, BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Seguros Unimed, SulAmérica, entre outros.

As palestras agendadas serão realizadas em quatro arenas simultâneas e seguem cinco linhas temáticas que, atualmente, formam alguns dos maiores focos das instituições de saúde. São elas: Value-Based Healthcare; Saúde Primária e Saúde Populacional; Cultura de Inovação e Adoção de Tecnologia; Governança e Privacidade de Dados; e Experiência e Engajamento do Paciente.

Dentro das linhas temáticas, as palestras discutirão tópicos como predição, engajamento e o futuro da indústria farmacêutica; IoT e Analytics na rotina da operação de saúde; gestão de atendimento e hospitalidade; o que o Blockchain tem a ver com a saúde; redesenho de modelos assistenciais; como construir uma organização disruptiva e sólida; o futuro dos contratos e dos pagamentos; gestão e otimização das finanças através da tecnologia; e evolução tecnológica e inovação.

O HIS 2018 já tem patrocínio confirmado de empresas líderes de mercado, como OPTUM, Sharecare, MV, Brasanitas, Parebem, Bionexo, Philips, 2iM, Shift, Cognizant, Telelaudo, e-Val, Infoway, RV Ímola, HFocus, Hermes Pardini, Sesc, GE e Everis. Vitor Asseituno, CEO da Live Healthcare, empresa que originalmente organizava o HIS e foi comprada pela UBM Brazil, continua à frente dos eventos e assume também a posição de Diretor de Mercado – Saúde da nova unidade de negócios, além de responder pela estratégia de conteúdo de todo o portfólio.

Pele eletrônica que sente e se cura sozinha

Cientistas da Universidade do Colorado desenvolveram uma pele eletrônica maleável, auto-curável e totalmente reciclável. A e-skin, como é chamada, é feita de um material fino e translúcido que pode imitar a função e as propriedades mecânicas da pele humana através de sensores que detectam temperatura, pressão, umidade e fluxo de ar. Este novo material foi desenvolvido visando aplicações desde áreas médicas a eletrônicos do dia a dia.

Os responsáveis foram professores dos departamentos de Engenharia Mecânica, Química, Bioquímica e Materiais da universidade. A tecnologia tem várias propriedades únicas, como a poliimina, um novo polímero que é atado com nanopartículas de prata para aumentar a sua resistência mecânica, estabilidade química e condutividade elétrica.

Segundo os pesquisadores, se a e-skin for rompida, existe um mecanismo de regeneração por meio de ligações químicas dos componentes presentes nos dois lados da fenda. Desta forma, a matriz é restaurada e a película volta a ser como era antes. Em casos mais graves, a pele pode ser mergulhada uma solução de reciclagem e o material se dissolverá em componentes menores, assim estes podem ser reutilizados para criar novas e-skin.

“O que é único aqui é que a ligação química da poliimina que usamos permite que a e-pele seja autocura e totalmente reciclável a temperatura ambiente”, disse Jianliang Xiao, professor adjunto da Universidade do Colorado. ”Dado os milhões de toneladas de resíduos eletrônicos gerados em todo o mundo a cada ano, a reciclabilidade da nossa e-skin tem um bom sentido econômico e ambiental.”

Um dia, essa pele eletrônica poderá ser usada em próteses, robôs ou equipamentos com superfícies inteligentes, já que é facilmente adaptável a superfícies curvas sem apresentar tensões excessivas. Isso poderia tornar qualquer dispositivo mais realista e funcional.

Por exemplo, se o e-skin estiver envolvido em torno de uma mão protética, seria possível sentir pressão ao segurar uma xícara de vidro. Saber a quantidade de pressão que a mão mecânica está aplicando pode impedir que o usuário esmague acidentalmente a xícara, explicou Xiao.

Voltando às inúmeras possibilidades, a e-skin pode, eventualmente, substituir a cobertura de dispositivos e equipamentos eletrônicos, proporcionando superfícies que são mais agradáveis ao toque e que permitam a interação com o usuário. Imagine o seu smartphone dizendo: “Ei, isso faz cócegas”. As possibilidades são fascinantes e, em alguns casos, um pouco assustadoras.

De qualquer forma, as aplicações são promissoras e a possibilidade de reciclagem é um bônus para a animação dos criadores. Como toda nova descoberta, ainda é preciso muito estudo para a comercialização, mas já é um passo em direção a essa tecnologia.

John Hopkins revela novo método computacional para oncologia de precisão

Os hospitais poderiam usar a técnica matemática para facilitar o tratamento personalizado de pacientes.

Um dos dilemas enfrentados pelos provedores com a medicina de precisão é que, apesar de todos os avanços da pesquisa genômica, ainda pode ser difícil traduzi-la para a prática clínica do dia a dia: os médicos nem sempre sabem como transformar dados genéticos em tratamentos apropriados.

Um dos principais desafios para eles é que cada forma primária de câncer, como mama ou próstata, pode ter múltiplos subtipos, e cada um deles responde de maneira diferente a um determinado tratamento.

Nesta semana, pesquisadores da John Hopkins anunciaram, o que dizem ser, uma nova estratégia computacional para ajudar a traduzir dados complexos de medicina de precisão em um formato mais simplificado, que foca na variação das assinaturas moleculares de células cancerígenas entre pacientes

“Uma das coisas que as pessoas desta área notaram nos últimos 10 anos – e, de fato, tem sido surpreendente – é a quantidade de heterogeneidade existente entre dois pacientes com o mesmo subtipo de câncer”, disse Donald Geman, professor no Departamento de Matemática Aplicada e Estatística da Johns Hopkins, em um comunicado anunciando os resultados.

“Isso quer dizer que em dois pacientes que foram diagnosticados com melanoma, as lesões da pele podem parecer muito semelhantes ao olho nu, mas as células cancerosas podem ser muito diferentes no nível molecular. Eles podem ter diferentes formas de desregulação, incluindo diferentes variantes genéticas e expressão gênica.”

Por isso, entregar o máximo de dados sobre a composição genética da lesão, proporciona aos médicos informações fundamentais para determinar o melhor tratamento aos seus pacientes, e ainda, auxilia na definição de um perfil molecular particular para cada um deles.

Geman diz que o resultado obtido, mostra de forma simples anormalidades em parâmetros chave, como por exemplo a indicação de colesterol alto em um exame de sangue anual. Segundo os pesquisadores, o desenvolvimento simplifica imensamente os estados moleculares convertendo-os em rótulos binários que basicamente mostram se a medição de um paciente está dentro ou fora de níveis saudáveis.

De forma geral, há um grande futuro na utilização de matemática para simplificar dados médicos e possibilitar a integração nos cuidados de rotina. “O objetivo é levar problemas de classificação de interesse clínico genuíno e produzir um algoritmo que seja preciso, interpretável e faça sentido biologicamente”, disse ele.

UBM e Hospitalar reforçam seu portfólio com aquisição da Live Healthcare

A UBM Brazil anuncia a aquisição da Live Healthcare, plataforma que conecta lideranças da área da saúde para inspirar mudanças e empoderar líderes para o desenvolvimento do setor. Com uma tradição de 25 anos, compõe em seu portfólio os eventos SBF – Saúde Business Fórum e HIS – Healthcare Innovation Show, além do portal SaudeBusiness.com, referência de atualização e educação para mais de 2 milhões de gestores e profissionais de saúde. A empresa é muito conhecida também pela revista Fornecedores Hospitalares.

Juntamente com a Hospitalar, principal evento dedicado ao setor de saúde nas Américas, SBF, HIS e SaudeBusiness.com passarão a compor a unidade de negócios Heathcare da UBM Brazil. Com essa aquisição a UBM reforça a sua presença e liderança na área de eventos no setor da saúde e seu posicionamento estratégico no setor, confirmando o seu compromisso de longo prazo com o mercado brasileiro de geração de negócios, conhecimento e relacionamentos especializados e de alto nível.

A empresa inglesa aproveitará todo o know-how e experiência da Live Healthcare em seus negócios para fortalecer suas relações com o mercado e oferecer serviços e produtos ainda mais relevantes para seus clientes. Rodrigo Moreira, atual Diretor da Hospitalar, vai liderar a unidade Healthcare da UBM Brazil. Os médicos fundadores da Live, Dr. Vitor Asseituno e Dr. Raphael Gordilho permanecem no negócio. Vitor Asseituno, CEO da Live Healthcare, continua à frente dos eventos SBF e HIS, assumindo também a posição de Diretor de Mercado da nova unidade se reportando para Rodrigo Moreira. Vitor passa a responder também pela estratégia de conteúdo de todo o portfólio, incluindo a Hospitalar.

“O setor de saúde é estratégico para a UBM no mundo e no Brasil. A aquisição da Live completa nosso portfólio, agora com três eventos extremamente bem posicionados no segmento durante o ano. Além disso, esse movimento nos aproxima e reforça nossa presença no mercado de saúde na América Latina, que iniciou em 2015 com a aquisição da Hospitalar. Nosso objetivo é contribuir para o desenvolvimento deste segmento tão importante dos pontos de vista econômico e social”, destaca Jean-François Quentin, presidente da UBM Brasil.

Para Vitor Asseituno, fundador e CEO da Live Healthcare, “A consolidação do setor da saúde reforçou a importância de eventos segmentados de alto nível, como o SBF e o HIS. Ao mesmo tempo, a profunda mudança causada pelas novas tecnologias tem aberto a oportunidade para novas lideranças e novas discussões. Essas duas coisas contribuíram para construirmos uma história de sucesso, cujo crescimento, de mais de 40%, que tivemos no ano passado, agora poderá ser escalado ainda mais pela UBM, que possui excelência operacional e relacionamento global, fundamentais para que entreguemos experiência e resultados ainda melhores para nossos clientes. Estamos animados com o que há por vir.”

Sobre a UBM

Somos a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Possuímos mais de 3.750 funcionários, com sede em mais de 20 países, atendendo mais de 50 diferentes setores da indústria. No Brasil atuamos nos setores da saúde, logística, energia, infraestrutura, ingredientes alimentícios, construção civil, construção naval e metroferroviária. Nossa missão é atingir o sucesso comercial por meio do enfoque cuidadoso do mercado, gerando resultados superiores para os nossos clientes. Nos EUA atuamos por meio da divisão UBM Life Sciences, que contempla organização de eventos, conferências e geração de conteúdo para o setor da saúde, médico, veterinário e farmacêutico.

Sobre a Live Healthcare    

A Live Healthcare surgiu em 2014 a partir da união da empresa EmpreenderSaúde e do spin-off da divisão de saúde da IT Mídia. A empresa lançou em 2015 o HIS – Healthcare Innovation Show, que se tornou um dos principais eventos de tecnologia e inovação em saúde no país, crescendo entre 50-100% a cada ano, e levou o Saúde Business Fórum, principal fórum de CEOs do país, à sua maior edição histórica no ano de 2018. O portal SaudeBusiness.com é hoje o maior portal de notícias de gestão em saúde do Brasil com 2 milhões de visitantes anuais, e é referência de atualização para o setor da saúde. Os dois eventos presenciais e a plataforma digital, associados à liderança médica de seus executivos, construiu um portfólio sólido de conteúdo, relacionamento e negócios.

CLÍNICAS APPLE: o que esperar delas?

Todo mundo sabe que a Apple gosta de cultivar seu mundo à parte. Seus gadgets, aplicativos e sistemas operacionais são feitos uns para os outros e quem gosta desse modelo vira fã. É um barato (mas nem sempre é barato).

O fato é que agora eles decidiram acrescentar a esse ecossistema exclusivo uma novidade que deve ter feito o próprio Steve Jobs se surpreender!

Muito pouco se sabe até aqui, nada é oficializado, mas já é certo que a Apple será a primeira empresa de tech a invadir o campo real da assistência através de uma rede própria de clínicas médicas.

Talvez o anúncio oficial venha em breve, em grande estilo, como ela sempre faz para seus produtos. Mas o empreendimento já tem nome, e se chamará AC Welness.

Num primeiro momento serão duas clínicas focadas nos próprios funcionários e dependentes da empresa. E pelo que já é possível descobrir em sites como LinkedIn e Glassdoor, os primeiros profissionais de saúde estão sendo recrutados na Universidade de Standford, na California.

Apesar da proximidade com a declaração da Amazon sobre sua empreitada conjunta com JPMorgan e Berkshire, tudo indica que a coincidência termina por aí.

No caso da Apple não se tratará de uma joint venture – afinal exclusividade é com eles mesmos. Além disso, no caso da Amazon, nada aponta para uma rede de clínicas próprias (já falaram até de rede de drogarias, mas por enquanto tudo online).

Já no caso da Apple isso é tão certo que há poucos meses já se escutavam conversas de bastidores no Vale sobre a possível aquisição pela empresa de uma startup chamada Crossover Health que atualmente presta serviços de on-site clinic para seus funcionários. Novamente ninguém se manifestou oficialmente.

O fato é que esse projeto, que bem poderia ser encarado como uma auto-gestão, levantou as atenções de muita gente nos EUA para um possível piloto que englobaria, além das clínicas presenciais, toda a plataforma de saúde da empresa visando um roll out futuro para atingir em cheio o mercado privado americano.

Afinal de contas, o próprio CEO Tim Cook andou falando recentemente que os planos para o Setor são muitos e bem guardados. Ou seja, a aposta em Saúde irá muito além de iniciativas já anunciadas como o Researck Kit, que visa acelerar o recrutamento de pacientes para ensaios clínicos, e o Health Kit, que visa facilitar o compartilhamento de informações entre desenvolvedores.

Apesar de todo o mistério, o que se pode imaginar é que um objetivo do novo negócio será, de imediato, realizar uma redução nos custos assistenciais de seus próprios funcionários e dependentes, a partir do uso da inteligência de dados, conectividade, engajamento e tudo o mais – sempre aliados à uma rede de atenção primária que faria o papel de Gatekeeper.

Se der certo, parece que será uma questão de tempo para a experiência ser levada para fora dos limites da empresa. Vamos acompanhar e aviso aqui na coluna sobre os novos desdobramentos.

Prêmio Top Hospitalar 2017 reconhece as empresas mais lembradas do segmento

Premiação é o reconhecimento do trabalho de instituições de saúde na qualidade de produtos e serviços prestados; a entrega dos prêmios será feita durante o HIS – Healthcare Innovation Show, que acontece nos dias 25 e 26 de outubro no SP Expo.

São Paulo, outubro de 2017 – A Live Healthcare anunciou os vencedores do Prêmio Top Hospitalar 2017, que reconhece o trabalho das principais referências do mercado em produtos e serviços prestados na indústria de saúde do país. As marcas premiadas em 11 categorias são: Johnson & Johnson, Philips, GE Healthcare, Roche Diagnóstica, Maquet, Dräger, RC Móveis, White Martins, Dell, MV e AGFA. A entrega dos prêmios da 18ª edição do Top Hospitalar será feita no dia 26 de outubro, às 18h00, no Centro de Convenções São Paulo Expo, durante o Healthcare Innovation Show (HIS).

A premiação é o resultado de uma pesquisa em parceria com a consultoria PwC com a participação de 66 instituições de saúde (como hospitais, clínicas e laboratórios) que enviaram 117 cases para avaliação. Essas instituições também indicaram os mais lembrados quanto à qualidade dos produtos e serviços prestados nas 11 categorias (leia os detalhes abaixo). De acordo com Vitor Asseituno, CEO da Live Healthcare, o objetivo é mostrar para o mercado quem são as referências e exemplos a serem seguidos a partir de práticas e experiências bem sucedidas, tornando a relação do setor mais transparente e justa, e estimulando crescentes níveis de qualidade.

O HIS 2017, palco da entrega dos prêmios Top Hospitalar, está na sua 3ª edição e é um evento totalmente voltado ao mercado de saúde da América Latina. Terá quatro arenas simultâneas onde acontecerão mais de 10 congressos, com a participação de 200 palestrantes, além de reunir mais de 75 empresas expositoras. As apresentações de conteúdos com abordagens executivas e estratégicas serão feitas por nomes de referência do setor ligados às principais associações e institutos. A Live Healthcare, organizadora do evento, espera receber mais de 5 mil visitantes durante os dois dias.

Nas palavras do presidente da Roche Diagnóstica, Christian Paetzke, empresa premiada na categoria “Indústria de Equipamentos – Diagnóstico in Vitro”, “o reconhecimento do mercado nos estimula a continuar investindo em tecnologias pioneiras, que auxiliem no melhor cuidado com o paciente e contribuam com a sustentabilidade do sistema de saúde”.

Paetzke informou que a Roche possui tecnologias de ponta que colaboram com o diagnóstico, como a biópsia líquida e o teste molecular de alta sensibilidade, que rastreia todos os tipos de vírus do HPV, identificando mulheres sob o risco de desenvolver câncer de colo de útero precocemente. “A biópsia líquida permite avaliar o estado atual do genoma do câncer de pulmão, por meio de uma simples coleta de sangue, reduzindo os riscos para o paciente. O nosso compromisso é antecipar as necessidades dos pacientes”, afirmou.

“Ficamos muito contentes com esse reconhecimento, pois trabalhamos para sempre trazer novas soluções ao setor de saúde, com foco nas necessidades dos pacientes e de nossos clientes”, comemorou Luiz Verzegnassi, CEO da GE Healthcare para a América Latina. A GE Healthcare foi premiada na categoria “Indústria de Equipamentos – Diagnóstico in Vivo”. O CEO afirmou ainda que sua empresa vem liderando a transformação digital industrial e tem o compromisso de desenvolver o mercado fortalecendo a visão de inovação, trabalho que começa com o engajamento dos pacientes, clientes e a participação em eventos como o TOP Hospitalar.

Para Paulo de Camargo, diretor geral da AGFA HealthCare Brasil, contemplada na categoria “Indústria de TI – Radiology Information System (RIS) e “PACS)”, o prêmio é referência de tecnologia e inovação ao salientar o alto padrão dos produtos e serviços ofertados no mercado. “É um enorme reconhecimento pelo trabalho exercido pela companhia, que neste ano expandiu e atualizou seu portfólio de soluções com o AGFA IT SUITE, permitindo cuidado integrado do paciente com a combinação de soluções de gestão administrativa, prontuário eletrônico do paciente, gestão de imagens, funções mobile, engajamento do paciente e relatórios gerenciais”, destacou.

 

Confira abaixo os premiados nas 11 categorias:

  • Johnson & Johnson (Indústria de Equipamentos – Cirurgia)
  • Philips (Indústria de Equipamentos – Diagnóstico in Vivo)
  • GE Healthcare (Indústria de Equipamentos – Diagnóstico in Vivo )
  • Roche Diagnóstica (Indústria de Equipamentos – Diagnóstico in Vitro)
  • Maquet (Indústria de Equipamentos – Maternidade)
  • Dräger (Indústria de Equipamentos – Suporte e Manutenção à Vida)
  • RC Móveis (Indústria de Infraestrutura – Mobiliário e Cuidados ao Paciente)
  • White Martins (Indústria de Materiais/Insumos – Gasoterapia)
  • Johnson & Johnson (Indústria de Materiais/Insumos – Materiais de Consumo)
  • Dell (Indústria de TI – Hardware)
  • MV (Indústria de TI – Sistema de Informação Hospitalar (HIS)
  • AGFA (Indústria de TI – Radiology Information System (RIS) e (PACS)
  • TOTVS (Indústria de TI – GED/ECM)

 

Sobre o HIS

O HIS – Healthcare Innovation Show é o primeiro trade show de tecnologia e inovação em um espaço de mais de 4.000 m² voltado ao mercado de saúde na América Latina. São 4 arenas simultâneas onde acontecem mais de 10 congressos, cada qual especialmente organizado para oferecer conteúdo de qualidade para os diferentes cargos e funções das organizações de saúde.

O evento deverá contar este ano com números que ultrapassam os 5.000 participantes, os 200 palestrantes e as 75 empresas expositoras, além de premiações de reconhecimento das experiências inovadoras do setor.

Além das discussões executivas e estratégicas, grandes empresas e startups apresentam o que há de mais inovador e tecnológico no mercado. Nomes de peso do setor lideram os conteúdos ao lado das principais associações e institutos.

O HIS 2017 é ainda constituído por quatro grandes eixos de atividades especiais: o Startup Lounge, com a exposição de serviços tecnológicos; o hackathon hack4health, maratona de desenvolvimento em busca de soluções para problemas da saúde e de gestão; e os prêmios Referência da Saúde/2017, Top Hospitalar/2017 e Great Place to Work.


Serviço  

HIS – Healthcare Innovation Show 2017

Data: 25 e 26 de outubro de 2017

Horário: das 8h30 às 19h00

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

http://saudebusiness.com/his/

Credenciamento Imprensa – o credenciamento poderá ser feito diretamente pelo link: goo.gl/vXRoLr


Contato para imprensa (HIS 2017):

2PRÓ Comunicação 

e-mail equipe: his17@2pro.com.br

Teresa Silva – (11) 3030-9463

Luciano Somenzari (11) 3030-9435

Myrian Vallone – (11) 3030-9404

Paula Giffoni – (11) 3030-9402

www.2pro.com.br

Empreendedorismo e inovação aceleram o setor de saúde e medicina no Brasil

Durante o Healthcare Innovation Show, o Managing Director do Cubo Itaú comanda mesa que discutirá como as startups podem ajudar o setor da saúde.

São Paulo, outubro de 2017 –  Um dos eventos mais importantes na área de saúde e medicina da América Latina, o HIS – Healthcare Innovation Show 2017, que chega a sua terceira edição, também vai contar com plenárias voltadas a empreendedorismo e inovação tecnológica.

Quem comanda a mesa sobre o tema é o Managing Director do Cubo Itaú – centro de empreendedorismo tecnológico fundado pelo Itaú Unibanco e pela RedPoint eVentures –, Flavio Pripas. O painel Formação de ecossistema empreendedor, que acontece no dia 25, às 9h25, contará também com as presenças de Andressa Gulian, médica e especialista em inovação, e Walmoli Gerber, diretor da Vertical Saúde.

“O mundo está mudando com muita velocidade e, graças a isso, a tecnologia acaba permitindo novos horizontes de negócios”
– Flávio Pripas

Segundo Pripas, a discussão deve se pautar pela formação de ambientes empreendedores e sobre como empresas do setor de saúde podem usar as startups para modernizar o ambiente de trabalho. “O mundo está mudando com muita velocidade e, graças a isso, a tecnologia acaba permitindo novos horizontes de negócios”, disse. De acordo com ele, se vislumbra, num futuro próximo, o atendimento automatizado a pacientes, por exemplo. Pesquisas mostram que num chat online entre paciente e robô, em que a máquina dá o diagnóstico, há uma maior eficiência de acerto que em uma consulta com um médico. Isso confirma como as startups aceleram a forma como é feita o diagnóstico.”

Pripas também lembra que as inovações tecnológicas que revolucionaram a área de saúde vão ficando mais acessíveis com o passar dos anos. “Por exemplo, o primeiro mapeamento genético feito há cerca de 15 anos custou 100 milhões de dólares. Hoje, o mesmo procedimento sai por 1000 dólares. Espera-se que no ano que vem ele custe apenas 100 dólares.”

O HIS 2017 vai oferecer quatro arenas simultâneas, onde mais de dez congressos serão ministrados. O evento, que acontece nos dias 25 e 26 de outubro no São Paulo Expo, contará com a participação de 200 palestrantes. Espera-se um público de 5 mil pessoas, entre profissionais e executivos da área.

Além do painel sobre Formação de ecossistema empreendedor, outros temas relacionados empreendedorismo e inovação também fazem parte da programação, tais como:

  • A transformação da saúde através das startups, apresentada por Cristiano Englert, cofundador da GrowPlus, Graciela Pignatari, diretora-executiva da Tismoo e Maicon Alves, CEO do Portal do Médico.
  • De obstáculo a oportunidade: trazendo inovação para a mudança do setor, por Denise Soares dos Santos – CEO BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

 

Sobre o HIS

O HIS – Healthcare Innovation Show é o primeiro trade show de tecnologia e inovação em um espaço de mais de 4.000 m² voltado ao mercado de saúde na América Latina. São 4 arenas simultâneas onde acontecem mais de 10 congressos, cada qual especialmente organizado para oferecer conteúdo de qualidade para os diferentes cargos e funções das organizações de saúde.

O evento deverá contar este ano com números que ultrapassam os 5.000 participantes, os 200 palestrantes e as 75 empresas expositoras, além de premiações de reconhecimento das experiências inovadoras do setor.

Além das discussões executivas e estratégicas, grandes empresas e startups apresentam o que há de mais inovador e tecnológico no mercado. Nomes de peso do setor lideram os conteúdos ao lado das principais associações e institutos.

O HIS 2017 é ainda constituído por quatro grandes eixos de atividades especiais: o Startup Lounge, com a exposição de serviços tecnológicos; o hackathon hack4health, maratona de desenvolvimento em busca de soluções para problemas da saúde e de gestão; e os prêmios Referência da Saúde/2017, Top Hospitalar/2017 e Great Place to Work.


Serviço  

HIS – Healthcare Innovation Show 2017

Data: 25 e 26 de outubro de 2017

Horário: das 8h30 às 19h00

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

http://saudebusiness.com/his/

Credenciamento Imprensa – o credenciamento poderá ser feito diretamente pelo link: goo.gl/vXRoLr


Contato para imprensa (HIS 2017):

2PRÓ Comunicação 

e-mail equipe: his17@2pro.com.br

Teresa Silva – (11) 3030-9463

Luciano Somenzari (11) 3030-9435

Myrian Vallone – (11) 3030-9404

Paula Giffoni – (11) 3030-9402

www.2pro.com.br

Gestão de informação e uso de dados é de tema de painel no Healthcare Innovation Show

O Head of Monetization do GuiaBolso, aplicativo que auxilia o usuário no controle financeiro, Marcio Reis, é o keynote que abordará o tema; evento acontece nos dias 25 e 26 de outubro, em São Paulo

São Paulo, outubro de 2017 – A 3ª edição do HIS – Healthcare Innovation Show 2017, um dos eventos mais importantes na área de saúde e medicina da América Latina, vai contar também com discussões que abarcam temas ligados à tecnologia.

Um dos keynote speakers do evento, o Head of Monetization do GuiaBolso, aplicativo que ajuda o usuário a organizar suas finanças e a estipular metas de gastos e de economia, Marcio Reis, promete aprofundar-se no tema da gestão de dados. “Minha ideia é ajudar as empresas da área da saúde a extrair dos dados o máximo de valor possível”, explicou ele, que falará no painel Gestão de Informação.

De acordo com Reis, o grande diferencial das empresas não é a tecnologia de ponta, mas, sim, a forma como elas utilizam a cultura de geração de dados para tomar decisões. “Os dados têm de fazer parte do dia a dia das equipes, e o time tem que criar o hábito de provar quais as melhores decisões a serem tomadas com base nos dados. Pra isso, os dados tem que ser acessíveis a todos na empresa. Depois disso, sim, vem a tecnologia pra ajudar a tomar decisões cada vez mais complexas.”, completou ele.

O HIS 2017 vai oferecer quatro arenas simultâneas, onde mais de dez congressos serão ministrados. O evento, que acontece nos dias 25 e 26 de outubro no São Paulo Expo, contará com a participação de 200 palestrantes. Espera-se um público de 5 mil pessoas, entre profissionais e executivos da área.

Além do painel sobre Gestão de Informação, outros temas relacionados à gestão da saúde também serão destaques nos Congressos, tais como:

 

Liderança: preparar para ambientes de transformação e performance, por Luiz de Luca – CEO do Americas Serviços Médicos;

Formação de Ecossistema Empreendedor, por Flávio Pripas – Managing Director Cubo;

Gestão de Informação, por Márcio Reis – Head of Monetization Guia Bolso;

Brainstorming Session: o que podemos esperar? AI, Quantum, Blockchain, Smart robots, Connected home, por Henrique von Atzingen – Head of Thinklab IBM;

Agenda macro: o desafio da atenção primária, por Henrique Sutton de Sousa Neves – CEO Hospital Israelita Albert Einstein, e por Márcio Atalla  – diretor Bem Star;

De obstáculo a oportunidade: trazendo inovação para a mudança do setor, por Denise Soares dos Santos – CEO BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.  

 

Sobre o HIS

O HIS – Healthcare Innovation Show é o primeiro trade show de tecnologia e inovação em um espaço de mais de 4.000 m² voltado ao mercado de saúde na América Latina. São 4 arenas simultâneas onde acontecem mais de 10 congressos, cada qual especialmente organizado para oferecer conteúdo de qualidade para os diferentes cargos e funções das organizações de saúde.

O evento deverá contar este ano com números que ultrapassam os 5.000 participantes, os 200 palestrantes e as 75 empresas expositoras, além de premiações de reconhecimento das experiências inovadoras do setor.

Além das discussões executivas e estratégicas, grandes empresas e startups apresentam o que há de mais inovador e tecnológico no mercado. Nomes de peso do setor lideram os conteúdos ao lado das principais associações e institutos.

O HIS 2017 é ainda constituído por quatro grandes eixos de atividades especiais: o Startup Lounge, com a exposição de serviços tecnológicos; o hackathon hack4health, maratona de desenvolvimento em busca de soluções para problemas da saúde e de gestão; e os prêmios Referência da Saúde/2017, Top Hospitalar/2017 e Great Place to Work.


Serviço  

HIS – Healthcare Innovation Show 2017

Data: 25 e 26 de outubro de 2017

Horário: das 8h30 às 19h00

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

http://saudebusiness.com/his/

Credenciamento Imprensa – o credenciamento poderá ser feito diretamente pelo link: goo.gl/vXRoLr


Contato para imprensa (HIS 2017):

2PRÓ Comunicação 

e-mail equipe: his17@2pro.com.br

Teresa Silva – (11) 3030-9463

Luciano Somenzari (11) 3030-9435

Myrian Vallone – (11) 3030-9404

Paula Giffoni – (11) 3030-9402

www.2pro.com.br

Brasil Telemedicina apresenta produtos online que garantem atendimento de saúde à distância

A tecnologia é inovadora no país e promove assistência ágil aos pacientes pela internet ou celular

Laudos de exames em tempo real, orientações médicas e psicológicas a qualquer momento, além de monitorização integral de pacientes com doenças crônicas, com equipe de alto nível. Tudo isso, agora, é disponibilizado no país graças ao Laudo 24hs, Médico 24hs, Psicologia 24hs e Monitorização 24hs, plataformas desenvolvidas pela empresa Brasil Telemedicina, disponibilizadas, também, em forma de aplicativo para celulares e tablets. Com a tecnologia aplicada à medicina e à psicologia, as novidades geram a oportunidade de assistência à saúde de forma rápida e descomplicada, o que, ainda, garante melhor administração de tempo, pela flexibilidade de horário, disponibilização de profissionais em todo o território nacional e, já que o atendimento é pela internet, a facilidade em realizá-lo seja onde o paciente estiver.

Os projetos foram idealizados pelo cardiologista Dr. Carlos Eduardo Cassiani Camargo, o qual define que, em um futuro próximo, grande parte das ações de saúde serão no ambiente online, devido ao fácil acesso, pois basta estar conectado a um celular ou computador para encontrar um médico ou psicólogo. “Plataformas de saúde digital já estão em uso em países desenvolvidos, como os Estados Unidos. Note o crescimento: em 2015, apenas 8% dos norte-americanos fizeram uso delas e, em 2016, o número subiu para 22%, demonstrando que este tipo de ferramenta veio para ficar. Muitas mudanças na saúde digital ainda serão realizadas, acrescentando diariamente mais benefícios oriundos de pesquisas, o que tornarão o mecanismo mais poderoso e conclusivo na vida do ser humano”, destaca o especialista.

Entenda mais sobre os produtos:

Laudo 24hs: Laudos de exames quando o profissional necessitar, 24 horas por dia, com a conveniência de solicitá-los de onde a pessoa estiver. Tudo de forma prática, rápida e segura: os exames são enviados via internet no portal da Brasil Telemedicina, onde são analisados e laudados por especialistas. Há, ainda, a versão em aplicativo, disponível na App Store e Google Play. Já são 4,5mil exames laudados, sendo o primeiro produto da empresa, lançado em 2010.

Médico 24hs: Com ele, ampliam-se as possibilidades de atendimento em todo o país. Essa plataforma possibilita o acesso a especialistas para orientações e monitoramento de pacientes que necessitam de acompanhamento, sendo um verdadeiro ambulatório à distância. Há, ainda, a versão em aplicativo, disponível na App Store e Google Play. O corpo clínico é formado por mais de 400 especialistas, criteriosamente selecionados e com documentação validada pelo CRM – Conselho Regional de Medicina.

Psicologia 24hs: Algumas coisas não podem esperar. Orientação psicológica é uma delas. Por isso, reunimos tecnologia, conveniência e segurança em uma plataforma on-line que oferece total confiabilidade. Acessar é simples. Conseguir o atendimento que você necessita também. Há, ainda, a versão em aplicativo, disponível na App Store e Google Play. São mais de 200 profissionais, contratados conforme as leis do Conselho Federal de Psicologia, que presenteou a empresa com um selo desta garantia, disponibilizado no site.

Monitorização 24hs: Não importa onde o paciente esteja, você pode estar ao lado dele. Com a Monitorização à distância, um serviço da plataforma Médico24hs, o acompanhamento é verdadeiramente em tempo integral. É atenção e precisão unidas. Descubra todos os benefícios que a conectividade proporciona, tais como: Câmeras com acionamento automático ou por botão de urgência, que interagem com o paciente; Sensores integrados à Central de Controle da Brasil Telemedicina, que identifica anormalidades como quedas, presença de fumaça, inundação, níveis de CO2, etc.; Integração automática com equipamentos de monitoramento, como medidores de pressão arterial, oxímetro, glicosímetro e eletrocardiograma em tempo real, de acordo com a necessidade do paciente; Relatórios diários, semanais ou mensais sobre o paciente; Aviso e contato em casos de emergência. Em breve, também disponível no formato de aplicativo.

 


Sobre a Brasil Telemedicina

Fundada em 2010, em Campinas-SP, o primeiro produto lançado pela empresa foi o Laudo24hs, que continua em pleno vigor. Com ele, a organização chegou a mais de 500 cidades, em todos estados do Brasil, laudando, em média, 60 mil exames por mês. Atualmente, já são mais de 4,5 milhões de exames laudados. Entre os clientes, estão consultórios médicos, clínicas de medicina ocupacional, psicologia, nutrição, pronto-socorro de hospitais e unidades de pronto atendimentos (UPAs). Veja mais em: www.brasiltelemedicina.com.br


Sobre o HIS

O Healthcare Innovation Show (HIS) é o primeiro trade show de tecnologia e inovação em um espaço de mais de 4.000 m² voltado ao mercado de saúde na América Latina. São 4 arenas simultâneas onde acontecem mais de 10 congressos, cada qual especialmente organizado para oferecer conteúdo de qualidade para os diferentes cargos e funções das organizações de saúde.

O evento deverá contar este ano com números que ultrapassam os 5.000 participantes, os 200 palestrantes, as 75 empresas expositoras, além de premiações de reconhecimento das experiências inovadoras do setor.

Além das discussões executivas e estratégicas, grandes empresas e startups apresentam o que há de mais inovador e tecnológico no mercado. Nomes de peso do setor lideram os conteúdos ao lado das principais associações e institutos.

O HIS 2017 é ainda constituído por quatro grandes eixos de atividades especiais: o Startup Lounge, com a exposição de serviços em tecnológicas; o hackathon hack4health, maratona em busca de soluções para problemas da saúde e de gestão; o iHUB Saúde Conectada, apresentação de tecnologia de ponta para simular o atendimento de casos clínicos; e os prêmios Referência da Saúde/2017, Top Hospitalar/2017 e Great Place to Work.


Serviço  

HIS – Healthcare Innovation Show 2017

Data: 25 e 26 de outubro de 2017

Horário: das 8h30 às 19h00

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

http://saudebusiness.com/his/


Assessoria de Imprensa Brasil Telemedicina

Agente da Mídia Comunicação

Bianca Frari (19) 98848.8838 | bianca.frari@agentedamidia.com.br

Thaísa Oliveira (19) 99114.4692 | consultoria@agentedamidia.com.br

Plantão de AI: (19) 97419.1005


Contato para imprensa (HIS 2017):

2PRÓ Comunicação 

e-mail equipe: his17@2pro.com.br

Teresa Silva – (11) 3030-9463

Luciano Somenzari (11) 3030-9435

Myrian Vallone – (11) 3030-9404

Paula Giffoni – (11) 3030-9402

www.2pro.com.br

  • 1
  • 2