This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Setembro Amarelo: como as empresas estão contribuindo para a saúde mental dos colaboradores

By 20 de setembro de 2020 Gestão

No mês de combate ao suicídio, empresas brasileiras compartilham suas ações com objetivo de manter o equilíbrio mental dos funcionários

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente o Setembro Amarelo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas as estratégias para manter a saúde mental devem ser mantidas o ano inteiro. Doenças como burnout – que está associada diretamente ao contexto do trabalho, estão cada vez mais presentes na vida dos funcionários e interferindo, consequentemente, na performance e resultados individuais e coletivos.

Nos Estados Unidos, estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças levantou que 80% dos adultos com depressão reportaram alguma dificuldade no trabalho. “Problemas como estresse e burnout estão preocupando os profissionais de RH, já que isso impacta as taxas de absenteísmo e de engajamento. Cuidar do bem-estar das pessoas precisa estar na agenda dos líderes. Ambientes de trabalho tóxicos, com alta pressão por resultados de curto prazo e gestores que não cultivam uma cultura positiva, levam a taxas de turnover até 50% maiores, de acordo com alguns estudos”, afirma Roberta Perdomo, Consultora de RH e Cofundadora da Gestaum Lab, empresa que conecta profissionais de RH às contratantes.

Segundo o Instituto Gallup, colabores preferem o bem-estar no ambiente de trabalho ao invés de incentivos financeiros, o que dá destaque à necessidade de as empresas estabelecerem políticas e programas que promovam o bem-estar e zelem pela saúde mental dos colaboradores.

Para entender como as empresas estão combatendo esse mal, listamos abaixo alguns cases que podem servir de inspiração. “Lembrando que isso tudo não é suficiente se a cultura da empresa não mudar. Cuidar das pessoas e estabelecer ambientes de trabalho positivos deve estar no DNA das organizações e, principalmente, deve ser valorizado pelos seus líderes”, lembra Roberta.

Sanar

Após implementar o trabalho home office para os 220 funcionários, a Sanar, startup brasileira detentora da maior plataforma de educação médica do país, desenvolveu um pacote de ações completo para o time. Como benefício, a companhia disponibilizou duas sessões de terapia durante a pandemia para cada um dos funcionários. Além disso, o time também conta com auxílio e educação financeira, agenda de atividades com momentos de desenvolvimento profissional, descompressão e lazer. Os profissionais têm acesso a aula de culinária, yoga, workshop de marketing, meetups online, papo com uma sexóloga e, ainda é possível dar boas gargalhadas com os episódios de stand up comedy disponibilizados pela empresa.

O comitê de crise elaborado internamente auxilia os colaboradores em problemas que não envolvam diretamente o trabalho como sintomas da COVID-19, problemas financeiros e de equipamento. De acordo com o CEO da Sanar, Ubiraci Mercês, a empresa já avalia a continuidade do concelho e das outras ações no ‘’novo normal”, “Sabemos da importância da saúde mental das pessoas, pois só é possível extrair o melhor das pessoas, quando elas estão realmente bem”, finaliza Ubiraci Mercês.

TopMed 

Estresse, ansiedade, depressão são condições que estão sendo acentuadas pela vida moderna e, com a pandemia da Covid-19, as condições psicológicas se intensificaram. Acompanhando os principais fatores de risco apresentados pelas carteiras de saúde, a TopMed desenvolveu o programa ‘’Saúde Emocional’’. A solução de cunho preventivo conta com atendimentos ativos realizados por psicólogos. O trabalho visa proporcionar ao indivíduo adquirir o autoconhecimento, fomentar o hábito do autocuidado e promover melhora significativa na qualidade de vida, ampliando as condições para lidar com as adversidades no ambiente pessoal ou corporativo.

Além de cuidar de quem está lá fora, a empresa também se preocupou em cuidar de quem cuida dos seus clientes. Desde o ano passado, o time comercial da empresa começou a estimular entre si hábitos mais saudáveis. A partir daí, surgiu a ideia dos “100 pagos”. O objetivo é praticar 100 atividades físicas no mês realizadas pelo grupo. Caso alguém não consiga cumprir seu resultado individual, outra pessoa do time precisa compensar, incentivando o trabalho em equipe. A ação tem resultado em melhora da condição de saúde física e emocional dos profissionais. “É visível que temos mais intimidade e empatia, cujos benefícios refletem na forma como nos tratamos nos nossos desafios de trabalho, como um time mais receptivo às críticas e feedbacks entre os colegas e mais colaborativo”, explica Carla Hoffmann, diretora comercial da TopMed.

OiMenu

Nos últimos três meses, a equipe do OiMenu, startup de cardápios digitais, têm iniciado o trabalho com uma meditação guiada. Por meio de exercícios de relaxamento e práticas mentais e espirituais, a empresa busca contribuir para a saúde mental dos colaboradores, gerar bem-estar no ambiente de trabalho e auxiliar na produtividade e foco durante o dia.

As aulas são realizadas com uma professora de Kundalini Yoga e vêm trazendo ótimos resultados para a equipe. Segundo o CEO da startup, Isaac Paes, iniciar diariamente os últimos meses com uma meditação guiada com respiração profunda fez com que os profissionais da empresa se identificassem com a atividade e trabalhassem melhor. Alguns até foram além e trouxeram novidades para a atividade em equipe – que só vem sendo cada vez mais valorizada e tratada como uma importante parte da rotina de trabalho.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.