This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Engajamento: A Palavra de Ordem (Também na Saúde)

By 28 de julho de 2014 Gestão, Infográficos

Com o boom da internet social uma série de palavras passou a fazer parte de nosso cotidiano, como compartilhar, perfil, curtir… mas talvez nenhuma delas seja mais repetida por profissionais da área de marketing que a onipresente “engajar”.

Entretanto não é apenas nos círculos de pessoas hiper-conectadas que esse termo é sinônimo de que as coisas estão indo muito bem. Hoje ela também é sinônimo de sucesso entre médicos e pacientes.

Isso porque um crescente conjunto de evidências demonstra que os pacientes que estão mais ativamente envolvidos nos seus cuidados experimentam melhores resultados de saúde (o que é ótimo para eles) e incorrem em custos mais baixos (o que é ótimo para governos e pagadores).

Como resultado, muitas organizações de saúde públicas e privadas estão empregando estratégias para envolver melhor os pacientes, educá-los sobre as suas condições e envolvê-los mais plenamente na tomada de decisões sobre seus cuidados.

E é aí que vamos encontrar os conceitos de “patient activation” e “patient engagement” sendo cada vez mais utilizados em países como os EUA.

“Patient activation” refere-se ao conhecimento de um paciente, suas habilidades, capacidade e vontade de gerir a sua própria saúde e cuidado.

Já “patient engagement” é um conceito mais amplo, que combina a “patient activation” com intervenções destinadas a promover um comportamento positivo do paciente, tais como a obtenção de cuidados preventivos ou exercícios regulares. O engajamento do paciente é uma estratégia para alcançar o “objetivo triplo” de melhores resultados de saúde, melhor atendimento ao paciente, e custos mais baixos.

O infográfico dessa semana foi produzido pela Leading Reach e ilustra o momento atual do setor de saúde, quando o assunto é engajamento. As coisas ainda estão um pouco longe do ideal.

Cerca da metade dos médicos não se comunica com seus pacientes entre as consultas e 75% não acreditam que deveriam acompanhar a rotina de seu paciente fora do consultório. Talvez por esse motivo 72% dos pacientes não agendem um retorno e nada menos que 83% não sigam as orientações médicas.

Tecnologias de uso pessoal podem ajudar a reverter esse quadro. A grande maioria dos pacientes afirma estar interessada em mobile health, busca informações de saúde na internet e gostariam de receber notificações através de email.

Como pode se ver no último quadro do info os benefícios do engajamento podem ser medidos e não é pequeno, mas apesar das evidências, especialistas na área concordam que mais pesquisas serão necessárias para determinar as melhores práticas para envolver os pacientes, bem como para demonstrar mais plenamente a relação entre engajamento paciente e redução de custos.

Nesse meio tempo, as organizações de saúde não podem deixar de considerar o uso cada vez maior de canais digitais em seus esforços para manter seus pacientes envolvidos.

Engajamento-saude-tecnologia

Istvan Camargo

About Istvan Camargo

Leave a Reply