This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

HOSPITALAR 2019 Já emitiu sua credencial gratuita? Clique aqui

A crise já chegou na saúde ?

By 10 de agosto de 2015 Colunas, Gestão, Mercado

Hoje não vamos falar de empreendedorismo, mas de crise. A crise que traz dores, transformações e perdas. Perdas que trazem um novo crescimento, um novo significado para nós e para nossas empresas.

Não falemos mais de crescimento, mas de inflação, perda de competitividade e redução de custos. Seja bem-vindo a um novo Brasil, em que consumidores estão perdendo seu poder de compra, a população está assustada e o futuro é incerto. Se antes, bastava trabalhar para crescer, agora basta trabalhar muito para sobreviver.

Iremos sobreviver? Esta pergunta não sei responder, mas sei que amo o que faço e acredito no que faço e estas convicções me dão força para seguir em frente e dão força para que continuemos em frente.

Usufruo do meu direito de me indignar da atual situação do meu país e torço para que o governo consiga reverter as expectativas negativas e a perspectiva negativa da economia.

Mas existem oportunidades no setor de saúde? Sim, inúmeras, conforme as pessoas vão perdendo seus empregos ou tendo sua renda comprometida, soluções para a saúde ser acessível, como o Dr. Consulta, Dr. Agora, Clínica SIM, vão se multiplicando e trazendo soluções para uma parcela significativa da população, que não teria acesso a serviços de saúde de qualidade de outra maneira.

Soluções de saúde que levem em conta uma população sem convênio e com um poder de compra reduzido são as grandes apostas para o mercado de saúde nos próximos anos.

Leia Mais: SOS Consulta surge para ser terceira via de consulta médica

Para quem trabalha com convênios, saber trabalhar com qualidade, atendendo grandes volumes a valores tabelados, continuam a ser os grandes desafios, mas os grupos mais organizados terão cada vez mais vantagem, sobre as clínicas que fazem atendimentos sem escala.

A palavra chave é eficiência e escala, saber ganhar pouco em um volume muito grande, serão os verdadeiros desafios para as organizações de saúde. Sabemos que não será fácil,mas estaremos aqui ao longo deste processo.

Críticas ou sugestões: fernando@livehcm.com

Fernando Cembranelli

About Fernando Cembranelli

Leave a Reply