This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Coronavírus: o que sua empresa pode fazer agora?

By 9 de abril de 2020 Gestão

Diretor médico da Pipo Saúde fala sobre a importância da disseminação de informação confiável e na colaboração mútua no home office

A Covid-19 se espalhou pelo mundo e por ser altamente contagiosa gerou a necessidade de medidas duras, como a redução no número de pessoas em circulação nas cidades e o fechamento de fronteiras. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as empresas permitam que seus colaboradores façam trabalho remoto, dessa forma, as companhias e as startups brasileiras preferiram aderir ao movimento e o home office vem se tornando um padrão rapidamente.

Mas quando isso não é possível? Para Thiago Liguori, diretor médico da Pipo Saúde , startup criada para otimizar a relação do RH de empresas com os planos e benefícios de saúde, disseminar informações corretas e confiáveis é o principal caminho. “Caso sua empresa não tenha institucionalizado o trabalho em casa nesse momento, é importante que fique atento aos funcionários e se alguém apresentar algum sintoma, é recomendável direcioná-lo ao serviço de saúde. Outras medidas podem ser tomadas como: a divulgação interna sobre o coronavírus, promovendo conteúdo de procedência médica e científica para os colaboradores, evitando que mitos se espalhem entre as equipes. O trabalho é um conjunto e a colaboração deve ser de todos”, explica.

Compartilhar informações com bases técnicas combater as fake news são medidas importantes no combate à doença. Dessa forma, é necessário mostrar a seriedade do assunto, sua potencial gravidade, mas, ao mesmo tempo, sem propagar o pânico, que apenas atrapalha o controle da infecção.

Os tempos de pandemia são incertos e inseguros, mas a comunicação clara e responsável se faz mais urgente do que nunca. De acordo com o Ministério da Saúde, por exemplo, o isolamento serve para as pessoas em que o diagnóstico for classificado como caso suspeito ou que tiveram algum contato com caso confirmado. Já a quarentena é uma medida restritiva para o trânsito de pessoas, que busca diminuir a velocidade de transmissão do Covid-19; dessa forma, evitando que os serviços de saúde fiquem sobrecarregados.

“Aqui na Pipo Saúde acreditamos que as pessoas são nosso maior ativo, nossa maior fonte de diferenciação. É, por isso, que para aquelas empresas em que o home office já se tornou padrão é essencial tentar garantir também que o time tenha a melhor experiência remota possível. Encoraje, por exemplo, que todos levem seus setups (monitores, mouses, teclados) para casa pagando o Uber ou táxi de ida e volta de todos os colaboradores”, finaliza Liguori.

Toda mudança exige um período de adaptação com desafios inesperados. Por isso, é tão importante não se esquecer do lado humano, da empatia e que todo mundo sente falta daquela risada e papo do escritório, então estimule que as pessoas criem coffee hours onde todos do time são convidados para conversar e descontrair um pouco. A boa notícia é que você pode acabar sendo mais produtivo quando não passa horas se deslocando pela cidade ou em reuniões, fazendo almoços e lanches longos ou acompanhando às fake news.

A Pipo Saúde tem feito lives semanais, às sextas-feiras, para esclarecer dúvidas e passar as principais informações à respeito da pandemia de coronavírus. Para assistí-las basta acessar o Instagram e o Linkedin da startup.
Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.