This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

A pandemia de COVID-19 trará um grande impacto financeiro e estrutural para as organizações

By 9 de abril de 2020 Gestão

A procura por soluções de telemedicina cresceu muito com a quarentena. A Sharecare, empresa digital de saúde, criada Oprah Winfrey nos EUA, é um exemplo disso. A companhia experimentou um grande crescimento após a pandemia, que provocou mudanças nas regras telemedicina, tornando-as mais flexíveis. A Sharecare, hoje, tem 3 milhões de pessoas cobertas por sua plataforma de atendimento telefônico no Brasil. “Vamos chegar rapidamente à marca de 5 milhões”, afirma Nicolas Toth, CEO da Sharecare. Para ele, a quarentena pode durar mais 15 ou 30 dias, mas a preocupação em relação ao coronavírus vai continuar. Por isso, as empresas vão continuar a contratar este tipo de serviço para seus funcionários.

Muitas pessoas afetadas serão assintomáticas ou terão sintomas leves, mas uma parcela relevante das pessoas infectadas – algumas entidades estimam entre 5% e 10%, terá maiores complicações e poderá necessitar de leitos de UTI por períodos de mais de uma semana, podendo inclusive vir a óbito. Além disso, pessoas com doenças crônicas e ou com idade acima de 60 anos são grupos de risco importantes e precisam tomar cuidado mais estritos, pois a taxa de mortalidade sobe muito nesses casos.

Para tentar mitigar esses danos, a Sharecare, líder global em gestão saúde integrada e digital, desenvolveu uma solução completa, digital e integrada para que organizações como empresas, planos de saúde e o setor público possam oferecer às suas populações o apoio necessário para o enfrentamento dos riscos da COVID-19, desde o momento de prevenção até possíveis casos de sintomas agravados da doença.

Por meio de interações digitais, check-ups diários, suporte de especialistas e telemedicina, os indivíduos são acompanhados de acordo com a fase de cuidado: suporte e acolhimento para as pessoas que estão se cuidando preventivamente e não contraíram a doença e gestão proativa, para os casos com suspeita de diagnóstico positivo da COVID-19. Os produtos têm diferentes níveis de cuidado, com a missão de levar mais segurança e bem-estar para a população, reduzir o risco de infecção pelo coronavirus, reduzir a frequência evitável em pronto-socorro e, principalmente, mitigar o impacto financeiro causado pela pandemia às organizações – tudo isso a um custo médio de poucos reais por pessoa, por mês.

A Sara, enfermeira virtual da Sharecare, é responsável pela integração entre a equipe clínica de especialistas (médicos e enfermeiros) e o usuário final. Ela realiza uma checagem diária de possíveis sintomas da COVID-19 e também a triagem do risco, de forma extremamente simples e intuitiva para o indivíduo. De acordo com a situação identificada, diferentes níveis da solução são ativados. Os pacientes com sintomas mais proeminentes têm a oportunidade de conversar com os médicos de plantão e participar de consulta clínica via telemedicina, evitando a necessidade de deslocamento ao pronto-socorro e exposição a maiores riscos de saúde.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.