This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Encontro internacional discute a sustentabilidade dos sistemas de saúde público e privado no Brasil

Mapa não está disponível

Data / Hora
Date(s) - 04/11/2020 - 07/11/2020
Dia todo

Categorias


Gratuito e 100% online, entre os dias 4 e 7 de novembro, acontece o 2º Global Forum – Fronteiras da Saúde, realizado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida. A proposta do encontro é discutir temas como inovação em saúde, economia e gestão pública e privada, a fim de sugerir possibilidades viáveis que possam ser implementadas pelos governos federal, estaduais e municipais do País. Os interessados terão à disposição mais de 30 horas de conteúdo com especialistas que são referências mundiais em suas áreas (as palestras internacionais contarão com tradução para o português).

Ao mesmo tempo em que propõe discussões amplas sobre o setor de saúde, parte das conferências do Global Forum – Fronteiras da Saúde tem também a pandemia da Covid-19 como foco, seja para atualizar as ações de enfrentamento à disseminação do novo coronavírus no Brasil e no mundo ou para analisar as armadilhas que nações ricas ou em desenvolvimento podem evitar para situações futuras como a vivenciada em 2020.

A Saúde sob os holofotes da crise pandêmica

O dr. Rifat Atun, professor de Sistemas Globais de Saúde na Universidade de Harvard irá discorrer sobre a vulnerabilidade dos sistemas público e privado de países em diferentes estágios de desenvolvimento e como as nações podem se preparar para o que está por vir. Atun já implementou e avaliou iniciativas de reforma na Saúde para mais de 30 governos ao redor do mundo. Também por Harvard, a dra. Marcia Castro, chefe do departamento de Saúde Global e População na Faculdade de Saúde Pública, vai explicar por que o Brasil poderia ter sido um exemplo para o mundo no combate à Covid-19.

Ambos, Rifat Atun e Marcia Castro, são autores do artigo publicado pela Revista Lancet, em julho de 2019, Brazil’s unified health system: the first 30 years and prospects for the future.

Ainda sobre a crise pandêmica, o dr. Richard Murray, CEO do King’s Fund, a mais antiga organização da sociedade civil britânica que atua para promover melhorias na saúde, apresentará as práticas adotadas pelo NHS (Serviço Nacional de Saúde) no Reino Unido, fazendo um paralelo com a situação brasileira. O NHS é o modelo que inspirou o desenho do SUS (Sistema Único de Saúde) no Brasil.

Destacam-se também a participação de Edson Araujo, economista sênior do Banco Mundial e a dra. Anna van Poucke, sócia e líder de Healthcare da KPMG Global. Araujo é especialista em saúde, nutrição e população e conduzirá os debates sobre economia e saúde (Prioridades para os próximos cinco anos e armadilhas que devem ser evitadas) e também será o anfitrião do Prof. Rifat Atun, com quem conversará após a apresentação do palestrante internacional. A holandesa Anna van Poucke falará sobre “o redesenho estrutural do cenário da saúde”. Ela já trabalhou para clientes em diversos países do mundo, liderando o desenvolvimento de infraestruturas de saúde que sejam sustentáveis para o futuro. Antes de assumir a posição de líder global, foi responsável pela mesma área, na KPMG da Holanda.

O Global Forum – Fronteiras da Saúde nasceu após o LAL observar, durante seus 12 anos de existência, os principais eventos mundiais relacionados à saúde, aprofundando-se em suas melhores práticas. Dessa imersão surgiu a proposta de reunir os mais diferentes agentes da sociedade e criar uma agenda propositiva comum, factível e possível de ser implementada. O objetivo é contribuir para que o Brasil busque alternativas para alcançar a sustentabilidade dos sistemas de saúde, público e privado.

Em um painel dedicado ao legado que a indústria deixa ao país, o evento reunirá presidentes de empresas multinacionais como Bristol-Myers Squibb; Pfizer; Gilead, Astra Zeneca e GE Healthcare.

Além da plenária principal, o 2º Global Forum – Fronteiras da Saúde também trará Salas Paralelas com conteúdos como: As lideranças femininas nas gestões pública e privada; Desempenho do Setor Hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) e Reflexões da Pandemia. Esse último, refere-se a projeto que teve a participação do LAL, realizado ao longo de 2020, que traz fotografias de 42 executivos, empresários e empreendedores sociais, realizadas pelo fotojornalista Claudio Gatti, durante o período mais intenso da pandemia. Além das fotos, o projeto traz o relato dos fotografados sobre as reflexões que eles fizeram do impacto da pandemia em suas empresas, negócios, propósitos e suas vidas pessoais.

Da teoria à prática: o custo do descaso à saúde primária

De acordo com Marlene Oliveira, presidente do LAL, o intuito do Global Forum – Fronteiras da Saúde é estabelecer uma discussão propositiva e baseada em dados. “Não queremos apenas gerar conteúdo, que não possa ser aplicado nas ações de políticas públicas ou na iniciativa privada. Nossa missão enquanto organização civil é proporcionar uma transformação, provocar os participantes e estimulá-los a pensar o papel que exercem em todo o sistema e suas responsabilidades frente à sustentabilidade da saúde no Brasil”.

Um dos propósitos do evento é apresentar o white paper Inovação na Atenção Primária à Saúde, a porta de entrada do SUS, com uma avaliação não só do cenário atual, mas também recomendações para ações futuras. O tema surgiu, entre outros, na edição de 2019 do Global Forum e foi escolhido como prioridade para um estudo aprofundado. “O documento traz análises e propostas que poderiam ter feito a diferença em uma situação pandêmica como a que se encontram todas as nações”, avalia Marlene. Coordenado pelo professor Lvre-docente Marcelo Caldeira Pedroso, da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e mais um grupo de pesquisadores, o estudo será entregue para o Ministério da Saúde, assim como para Secretarias de Saúde dos estados e municípios e, também, para gestores de saúde da iniciativa privada.

Para mais informações e programação completa e atualizada acesse o site.

Serviço Global Forum – Fronteiras da Saúde
Data: de 4 a 7 de novembro
Horário: A partir das 13h00
Local: Online
Inscrições para público e imprensa