This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Startups de saúde surfam a onda da uberização

By 5 de julho de 2016 Empreendedorismo

Imagine que durante um dia comercial, no meio da tarde ou da manhã, um indivíduo comece a sentir um forte mal estar, seguido por dores de cabeça, febre e outros sintomas. Durante uma rotina mais agitada podemos pensar em algumas soluções comuns aplicadas para esse tipo de situação, talvez um negligenciamento desses sintomas ou um auto diagnóstico a partir da internet seja o mais frequente para o “tratamento”.

A novidade do mercado veio para entregar uma opção mais prática e ao mesmo tempo, mais prudente com o paciente, graças à uma tecnologia que surgiu para reinventar não só a saúde, como vários tipos de serviços corriqueiros como o bancário, o de alimentação e o pioneiro do mercado: transporte.

A uberização da saúde surgiu com o forte movimento da tecnologia mHealth, aproximando a relação médico-paciente a partir de ferramentas que possibilitem a diversificação do local da prestação de serviços para que a saúde possa ser on-demand e empodere o paciente dentro do sistema de saúde.

VanderMédico e de família de médicos, Vander Corteze idealizou um aplicativo que não só desempenhasse os papeis citados à cima, mas que entregasse maior qualidade de vida para o médico a partir da eficiência e praticidade de um mecanismo digital.

O Beep Saúde entrega ao mercado o serviço que localiza o médico da especialidade necessária mais próximo ao paciente, além disso, o consumidor consegue visualizar um histórico com todas as informações sobre o profissional que irá atendê-lo.

“O currículo do médico passa a ser valorizado quando falamos de um sistema em que o paciente, muitas vezes, não sabe nada sobre o doutor que está realizando o cuidado em um pronto-socorro, por exemplo”, Explicou Vander. “Além disso, para tornar um médico parceiro do aplicativo, ele passa por uma série de processos, análises e até instrução de boas práticas em domicílios, caso ele não esteja familiarizado com a atividade.”

Os planos de saúde também não ficam de fora da demanda tecnológica, o Beep Saúde já está firmando parcerias para diretamente ser aplicado, de forma que o paciente nem precise do cartão de crédito. “Atualmente, as pessoas pegam o recibo de atendimento com o médico para pedir reembolso, mas isso logo não será mais necessário.” Completa Corteze.

IMG_9175

Empreendedor da Docway, Fábio Tiepolo vivenciou o setor farmacêutico por 12 anos em sua carreira e não duvida da receptividade do aplicativo: “O sistema de saúde precisava de algo que reinventasse a dinâmica do médico com o paciente e com isso trouxesse mais eficiência em toda a cadeia.”

Tiepolo contou que muitos médicos usam o Docway como um regulador da rotina que facilita o agendamento com pacientes que ele já atende normalmente. “Muitas vezes, o médico fala para o paciente baixar o aplicativo que os horários de atendimento estão disponíveis lá e quando ele estará pelas proximidades, isso é mais comum para pacientes que já recebiam atendimento domiciliar.” Revela o CEO da Docway.

Somando em praticidade, o aplicativo ainda oferece para o médico, o prontuário eletrônico do paciente que pediu pelo serviço.

Vander também comentou sobre essa “monogamia” entre o consumidor e o fornecedor. “No caso da saúde, a relação duradoura gera frutos, então nada impede que o contato se mantenha entre eles. assim o aplicativo desempenha o papel de unir os dois polos e aproximar esse relacionamento, que vai além de um serviço de carona como o do Uber.”

O Beep Saúde também vai receber uma atualização para que funcione em Inglês, com médicos que realizem atendimentos para turistas no Brasil.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply