This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Startup de saúde alemã levanta $9 milhões para expansão

By 4 de dezembro de 2014 Empreendedorismo
startup-de-saude-investimento-anjo

Uma startup de saúde de Berlin, a Medigo, acaba de levantar $6,2 milhões da Accel Partners. Eles anunciaram o investimento e utilizarão o montante para expansão da empresa em mercados adicionais. Anteriormente, eles levantaram $2,4 milhões da Atlantic Internet e de outros investidores-anjo, então o total de investimento já recebido é próximo de $9 milhões.

Trazer o sucesso de uma startup de saúde não-americana é bastante importante para que nos inspiremos, mesmo que o mercado alemão, especialmente em Berlin, tem se desenvolvido rapidamente no cenário empreendedor.

Tecnicamente, a empresa é uma ferramenta de transparência de preços e qualidade, um tipo de negócio que tem se tornado popular recentemente, mas o uso do produto ocorre de maneira diferente. A startup permite que pacientes comparem hospitais de todo o mundo para a promoção de turismo médico, uma condição que tem aumentado bastante nos últimos anos, em que os pacientes viajam para outro país a fim de obter tratamentos mais baratos e/ou de maior qualidade.

“Muitos apcientes viajam para fora dos Estados Unidos, Austrália e Reino Unido e são capazes de economizar cerca de 80% em custos de tratamento. Por exemplo, pacientes que saem dos Estados Unidos chegam a economizar mais de $40 mil para uma substituição de quadril e pacientes do Reino Unido mais de 12 mil libras para implantes dentários.”, disse Ugur Samut, CEO da Medigo.

Atualmente, eles trabalham com 400 hospitais acreditados pela Joint Commission International e os usuários podem navegar pelo site da startup de saúde por procedimento, preço, nível de experiência do médico, fotos das facilidades e outros. Não há taxa para a busca ou para a reserva de tratamentos. O site é monetizado através de uma cobrança feita aos médicos por uma porcentagem do pagamento feito pelo paciente da plataforma. A empresa também recebe das instituições que recebem pacientes pela plataforma.

“A Medigo foi criada para garantir que pacientes tenham melhores oportunidades de cuidado médico para que possam confiar em seu médico e hospital de escolha e ter garantia de que eles têm altos padrões de qualidade.”, disse Ieva Soblickaite, co-fundador e CPO.

Um fato interessante sobre as novas tecnologias em saúde é a permissão de termos uma saúde como negócio global, que extrapola países e sistemas de saúde. Cada vez mais veremos soluções voltadas para o mercado global e esperamos que as soluções locais também continuem existindo para um melhor atendimento da demanda.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply