This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Quais segmentos de saúde digital apresentam mais risco para investidores?

By 24 de novembro de 2014 Empreendedorismo

O segmento de saúde digital deve fechar o ano com cerca de $5 bilhões em investimentos. No entanto, não vemos uma grande variedade de sub-áreas sendo investidas. Um report lançado pela AARP mostra nove setores em que a saúde digital recebeu investimento e ainda mostra a configuração de risco de cada um deles.

Para os próximos cinco anos, o relatório prevê um valor de mercado de cerca de $30 bilhões em receita acumulativa para os próximos cinco anos, sendo assim, um crescimento de cerca de 6% no mercado.

Captura de Tela 2014-11-24 às 11.21.32

Como já podemos imaginar, dentro destes investimentos, o mercado de fitness tem a maior oportunidade de mercado, com $8,5 bilhões e relativamente um risco baixo. No entanto, podemos considerar outras três áreas com alto risco que têm um grande potencial de mercado para os investidores considerarem. São estas: engajamento social, dieta e nutrição e saúde emocional e comportamental. No outro extremo, temos as sub-áreas de saúde digital que englobal gestão de medicamento e detecção de doença, com baixo potencial de mercado e um nível baixo de risco.

Vamos focar então nas que têm um alto potencial e um risco maior, mas que podem ser mais interessantes para investimento:

O engajamento social apresenta o maior risco com a maior base de usuários, cerca de 57 milhões. Isso projeta um mercado de $1 bilhão para os próximos cinco anos. O tamanho do risco pode ser classificado devido ao tamanho da concorrência, já que muitas empresas estão criando ferramentas para inclusão digital destes pacientes. A oportunidade neste mercado está no desenvolvimento de plataformas que possam ser usadas por quem mais precisa delas: idosos que encontram-se sozinhos e isolados. Não basta pensar que os filhos ou netos deste indivíduo podem ajudá-lo, ele deve ser capaz de navegar sozinho pela plataforma.

Já em dieta e nutrição, o segmento ainda parece fragmentado. Entre as empresas identificadas nesta área, podemos identificar abordagens diferentes em aplicativos interativos, como coaches de dieta, serviços de compra de alimentos e outros relacionados a monitoramento de atividades físicas. O mercado também precisa avaliar os usuários com perfil sênior para a melhor distribuição deste tipo de ferramenta. Os aplicativos de nutrição e alimentação podem guiar usuários interessados em produção sazonal ou determinar se os alimentos são transgênicos ou não. A previsão é de que o mercado vai crescer de $150 milhões a $600 milhões até 2019.

A última área destacada é bastante interessante, mas apresenta grandes obstáculos no seu desenvolvimento. Os reembolsos públicos e privados na área estão aumentando, especialmente para ferramentas de psicologia através de cuidado remoto.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply