This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Inspire-se com Neide Santos, empreendedora social

By 25 de outubro de 2014 Empreendedorismo

Neide Santos é uma daquelas mulheres capazes de nos inspirar contando apenas sua própria história – e quem já ouviu sabe que nada nos livra de algumas lágrimas no final. Esportista desde criança, ela conta que a aula de educação física era sua hora preferida nos tempos de colégio. Até que, aos 14 anos, fez sua grande estreia nas pistas de corrida. “Tudo aconteceu meio que por acaso. Eu estava participando de um campeonato entre colégios e tinha uma prova de revezamento 4×100. Uma das meninas tinha faltado e me chamaram para entrar no lugar dela. Nunca tinha corrido na vida e acabei fazendo o melhor tempo da equipe”, lembra com saudade na voz. Foi nesse dia que ela encontrou o esporte de sua vida

“Sofri muito preconceito também na comunidade onde eu moro. As mulheres me chamavam de indecente porque eu corria com top e short curto. Então comecei a correr com walkman para não ouvir as piadas”. Até chegar o dia em que Neide foi parada na rua por algumas mulheres que também gostariam de começar a correr. “Elas não tinham dinheiro para pagar uma academia, mostrei pra elas que existe uma de graça ao ar livre!”, lembra.

O projeto Vida Corrida começou informalmente  em 1999  com este grupo de cinco mulheres e tem como objetivo treinar gratuitamente os moradores do Capão Redondo. As atividades ocorrem no Parque Santo Dias, localizado no bairro.

“Foi crescendo, crescendo… Comprei os primeiros aparelhos com meu dinheiro e montei pesinhos com lata de molho de tomate cheias de cimento”. Atualmente, há 325 inscritos, 260 mulheres e meninas, de 4 a 80 anos entre eles. As atividades se expandiram para campanhas de doação de sangue e alimentos, mutirões de limpeza e a formação de uma biblioteca.

Neide veio com os pais da Bahia em 1969, e a família se fixou nas redondezas do Capão Redondo. Aos 14 anos recebeu um convite para treinar no Clube Atlético São Paulo. “Tive de recusar, porque trabalhava o dia todo como vendedora para ajudar a sustentar meus cinco irmãos”.Já mais velha, aos 30 anos, começou a ter tempo para treinar de verdade e chegou disputar maratonas por todo o Brasil. “Sou da época em que a corrida era um universo completamente masculino, as únicas mulheres que corriam eram atletas de elite. Além disso, só ganhava medalha os dez primeiros lugares, não era tão incentivador”, lembra ela, que chegou a correr a primeira São Silvestre aberta para mulheres, em 1975.

Em 2000, ela perdeu seu filho vítima de assassinato cometido por um adolescente durante um roubo. “Após essa tragédia, resolvi usar parte do meu tempo para mudar com ajuda do esporte, a realidade das crianças que vivem aqui”

A rotina da maratonista começa quando o dia ainda está escuro. Às 04 e meia corre pelo menos 10 quilómetros. Depois, treina um grupo de idosos até as 7 e meia, para então cuidar da preparação dos adultos. Terça e quinta à tarde e sábado de manhã são os momentos dedicados às crianças . Em meio às ações solidárias, ela faz trabalhos de artesanato, como bordado e costura, suas únicas fontes de renda. Em 2009, a voluntário inscreveu o Viva Corrida em um concurso da Nike voltado para mulheres esportistas.  Conseguiu 5000 reais e uma doação de materiais esportivos. Mais recentemente venceu outro concurso promovido pela marca americana Gamechangers, que contou com 250 inscritos de sessenta países. A empresa vai bancar uma nova sede para o projeto. O terreno de 2100 metros quadrados foi doado pela prefeitura e quem vai construir o espaço é a ONG Americana Architecture for Humanity. “Não virei maratonista profissional, mas me sinto hoje uma verdadeira campeã”, afirma Neide.

“Todas as oportunidades que eu não tive, hoje eu busco para a minha comunidade”.Prova disso é que dois de seus atletas disputaram a meia maratona de Lisboa, em Março de 2011.

Parabéns à Neide Santos e ao Projeto Vida Corrida!

Não deixem de ver este INSPIRADOR VÍDEO sobre o Projeto Vida Corrida!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7gHeCpWb-eY&feature=related]

Qual será o seu impacto?

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply