This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

+100 PALESTRANTES Saiba quem estará nos palcos do HIS19. 🎙 Clique aqui

Falta de confiança entre players é um dos maiores desafios do setor

By 26 de março de 2015 Empreendedorismo

Fiz uma entrevista com Patrick Figgis, Global Leader de Healthcare da PwC e ele compartilhou alguns insights sobre o futuro próximo do setor. Em pesquisa divulgada pela consultoria, 43% dos CEOs esperam que a economia vai melhorar em termos globais e 79% esperam um aumento de vendas nos próximos 12 meses. Mesmo com esta perspectiva positiva, estamos enfrentando diversos fatores desafiadores no futuro próximo.

Novas empresas e startups têm diversas dificuldades para a entrada e o estabelecimento no setor e, por isso, mesmo com um produto inovador e com bons resultados, não conseguem vender o suficiente para se tornarem escaláveis.

Segundo Patrick Figgis, algumas megatendências podem determinar a maneira de fazermos negócios e criarmos valor na saúde. São cinco:

Demografia: o envelhecimento da população está determinando como será o curso de algumas economias, como, por exemplo, do Japão, local com a maior proporção de pessoas acima de 65 anos.

Doenças Crônicas: A alta prevalência de doenças como câncer, diabetes e saúde mental pode mudar todo o curso de cuidado em saúde e solicitar mudanças na atenção à saúde como conhecemos hoje.

Falta de recursos: Com o envelhecimento, as doenças crônicas e o uso de tecnologia em ambientes de cuidado, enfrentamos um aumento nos custos e diminuição de disponibilidade de recursos.

Falta de confiança: Para Figgis, este é um dos pontos mais importantes. Falta confiança sobre qualidade, transparência, habilidade… e isso gera um sentimento geral prejudicial ao setor.

Mudança no comportamento do consumidor: o paciente de hoje quer ser envolvido na conversa de saúde, ele leva a participação a sério e espera ser parte da discussão. Além disso, o uso de tecnologia para monitorar a saúde permite que ele seja mais ativo e participativo no cuidado de saúde.

Sendo o setor de saúde um dos mais importantes para a economia, que garante uma população economicamente ativa em boas proporções e pode ser responsável pelo aumento de produtividade, desafios como estes devem ser observados e algumas atitudes precisam ser tomadas em caráter imediato.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply