This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

3 perguntas para novos empreendedores que pretendem abrir um negócio

By 9 de dezembro de 2014 Empreendedorismo

Empreendedores resolvem problemas. Isso é natural e faz parte da essência destes indivíduos, o que significa que eles sempre têm novas ideias na cabeça. A quantidade de ideias e projetos novos podem dificultar o processo em vez de te ajudar.

Para Richard Branson, novos empreendedores precisam se perguntar algumas coisas antes de abrir um novo negócio. Ele diz que, na Virgin, quando eles pensam sobre a criação de algo novo, eles pensam em uma série de critérios antes de investirem tempo e dinheiro nisso. Para ajudar, ele divulgou três perguntas que considera ideais para tirar a dúvida.

Você faria isso por diversão?

Para Richard, começar um novo negócio não é somente um trabalho, mas sim um estilo de vida. Você terá que fazer sacrifícios pessoais para garantir o sucesso da sua startup. Isso pode significar não receber dinheiro algum dela, já que todo o montante adquirido deve ser reinvestido, ou pode se encontrar respondendo emails e lidando com consumidores à noite, muito tarde. Com isso em mente, é essencial que você lance uma startup em uma indústria que você ame.

Ao comparar com a história da Virgin, não é surpresa que o primeiro negócio tenha sido a Virgin Records, já que todos os integrantes eram jovens e apaixonados por música, o que significava que eles não se importavam em trabalhar até mais tarde todos os dias, conversar com clientes sobre bandas novas ou investir em um contrato para novos artistas.

Isso faz uma diferença positiva na vida das pessoas?

Focar nas pessoas e no planeta, além do lucro, faz o staff da empresa se sentir bastante empoderado. Isso significa que os consumidores não vêm somente comprar um produto ou serviço – eles acreditam nas ideias colocadas na Virgin. Construa uma comunidade que pensa parecido em torno do negócio e os consumidores voltarão, espalharão a palavra e te apoiarão em momentos difíceis. Esta estratégia tem ajudado diversas startups a realizarem uma disrupção em seus setores.

Isso é rentável o suficiente para a sustentabilidade da empresa?

Certamente, nem tudo é romance. Os novos empreendedores também precisam pensar no financeiro antes de considerar as opções. As pesquisas mostram que 8 em cada 10 negócios dão errado nos EUA nos primeiros 18 meses e o principal responsável é o fluxo de caixa. No Brasil, 25% das startups morrem antes do seu primeiro ano de vida e o motivo mais comum, aparentemente, é o mesmo. Se o seu negócio não é capaz de ter lucro, você não conseguirá ter o impacto positivo que deseja. Como é raro que uma startup faça dinheiro logo de cara, é importante que os novos empreendedores tenham algumas economias que segurem o negócio e a si mesmo.

Richard termina o texto dele desejando boa sorte e lembrando que devemos nos divertir ao longo da jornada. Com certeza, concordo com ele.

Nathalia Nunes

About Nathalia Nunes

Fonoaudióloga formada pela FMUSP, com MBA em Economia e Gestão em Saúde na UNIFESP e apaixonada por comunicação, negócios e tecnologia em saúde. Na Live, trabalho com Marketing, Pesquisa e Conteúdo, tanto na produção de materiais editoriais e de pesquisa, quanto na difusão de temas e ações relacionados a negócios em saúde.

Leave a Reply