This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Inovação na saúde é acelerada com o suporte de startups

By 4 de dezembro de 2019 Destaques, Voz da Marca

Investir em inovação na saúde é imprescindível para garantir melhores resultados e cuidados na área, ao mesmo tempo, em que são reduzidos os custos e os gastos.

Gerente de inovação aberta da Dasa e médico radiologista, o Dr. Thiago Júlio acredita que é uma questão de tempo para que a inovação da saúde de fato ocorra. Segundo ele, houve um salto significativo sobre o tema nos últimos anos e, atualmente, os executivos de saúde sabem o que é uma startup e querem fazer negócios com elas.

Sua percepção vem da vivência no espaço dedicado a esse tipo de empresa na área da saúde no Cubo, o centro de empreendedorismo do banco Itaú, localizado em São Paulo, da qual a Dasa é apoiadora.

Esse olhar do médico para a inovação é comprovado por um levantamento recente do Startupbase – base de dados oficial do ecossistema brasileiro de startups. Atualmente, existem 353 health techs mapeadas no Brasil: 46,4% estão em fase de tração e 30% em fase de operação.

Por que startups são relacionadas a inovação? Como podem contribuir com corporações?

Startups partem do princípio que há necessidades de mercado não atendidas que podem virar negócio a partir de uma proposta de valor centrada nas dores do ecossistema e apoiada por novas tecnologias. Em todo o processo existe uma abertura para o novo.

Aliado a isso, há um mindset favorável ao desenvolvimento de soluções: assumir o risco, abertura para testes e falhas, criatividade e aprendizado contínuo. Essas características nem sempre são vistas dentro de grandes empresas, diante da busca por retorno certo e rápido sobre os investimentos e a falta de disposição para se reinventar periodicamente.

Ao tornarem-se parcerias de empresas, as startups podem colaborar com o aumento das conversas sobre a cultura de inovação dentro do ambiente corporativo, o que tende a ampliar o olhar para possibilidades de ampliar ou melhorar o negócio existente. Além disso, apresentam comportamentos que podem ser replicados, como o relacionamento com clientes e a busca por soluções “escondidas” no dia a dia corporativo.

Redução de custos, análise de dados, relacionamento e gestão de processos são temas bastante aprofundados entre startups.

Trabalho junto ao ecossistema de inovação da saúde

Em entrevista a Leonardo Gross, Latam Digital Services Leader GE Healthcare, o médico radiologista conta que boa parte do seu expediente é dedicado aos empreendedores iniciantes, dando consultoria para as startups de health tech que desenvolvem novas tecnologias, com a finalidade de conquistar a inovação na saúde.

A cultura da inovação tem se desenvolvido muito nos últimos anos, conforme destaca o Dr. Thiago Júlio. Ele conta que percebe isso no seu trabalho, uma vez que os gestores das companhias de saúde estão valorizando mais os novos recursos e tecnologias.

Isso tudo tem um efeito cascata, uma vez que, quando o nº 1 da empresa acredita na cultura da inovação, todos os demais colaboradores passam também a pensar nela como a solução de muitos problemas hoje enfrentados.

Finalizando, o gerente de inovação deixa uma dica: manter o foco sempre no paciente. Antes de realizar qualquer investimento em tecnologia, é preciso pensar se a inovação na saúde que se deseja implementar vai trazer aspectos positivos para as pessoas que usufruirão dele.

O objetivo final da transformação na saúde é melhorar a qualidade de vida do paciente. É a partir disso que se cria uma base necessária para inovar, com referências na cultura. Não se deve fazer a inovação pela inovação, mas sim com um propósito.

Assista ao vídeo da entrevista do Dr. Thiago Júlio sobre inovação na saúde.

Você pode assistir a outros vídeos dessa entrevista nas próximas semanas. Acompanhe as datas de publicação:

11/12: Tendências digitais em saúde;

18/12: O papel do intraempreendedorismo na saúde.

GE Healthcare

About GE Healthcare

A GE Healthcare fornece tecnologias e serviços médicos transformacionais que estão moldando uma nova era de atendimento de pacientes. Nossa experiência é abrangente em tecnologias de informação e imagens médicas, diagnóstico, sistemas de monitoramento de pacientes, descoberta de novos medicamentos, tecnologia de produção biofarmacêutica, melhoria de desempenho e soluções em serviços. Ajudamos nossos clientes em todo o mundo a prestar um melhor atendimento para um número maior de pessoas a um custo menor. Além disso, estabelecemos parcerias com organizações líderes na área da saúde que se esforçam para fazer as mudanças necessárias em políticas globais, implementando uma transição bem sucedida para sistemas sustentáveis de assistência à saúde.

Leave a Reply