This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

GE Healthcare inscreve em plataforma digital para agilizar o atendimento médico

By 30 de junho de 2020 Destaques, Voz da Marca

“Edison Datalogue Connect” é uma espécie de rede social para análises de exames de forma remota de hospitais cadastrados de todo o país

Já imaginou uma rede social totalmente focada na área médica? Uma plataforma colaborativa em que a comunidade médica troca informações e conhecimento sobre pacientes e exames, assim, agilizando diagnósticos e ainda compartilhando conhecimento? Bem, essa plataforma já existe e tem um nome: Edison Datalogue Connect.

Criado pela GE Healthcare, unidade de saúde da GE no Brasil, o programa pode ser considerado uma espécie de rede social dos profissionais de saúde. Só que com a vantagem de ser totalmente focado no assunto de interesse (saúde) e de ter total segurança na divulgação de dados e de informações.

“Nesta plataforma de colaboração, médicos das mais diversas partes do país podem colocar exames de imagens, como raios-x e tomografias, para serem analisados por outros profissionais de diferentes cidades e estados. É uma troca que pode agilizar processos e ajudar na melhora dos pacientes”, afirma Paulo Banevicius, diretor de Soluções Digitais para a América Latina da GE Healthcare.

Como funciona?

O Edison Datalogue Connect é uma solução oferecida na nuvem. Os hospitais, clínicas e universidades interessados em participar do ambiente virtual deverão entrar em contato com a GE Healthcare para adquirir o produto. Ao conseguir autorização para entrada, os novos participantes poderão trocar informações, como interpretação de exames e diagnósticos, com colegas já conectados de diversas partes do país.

“Além de ser uma rede de comunicação entre os médicos, o Edison Datalogue Connect permite visualizar e compartilhar imagens com alta qualidade e precisão. É uma ferramenta que auxilia médicos na troca de informações, na solução de dúvidas que sempre surgem ao longo do estudo e na elaboração de um diagnóstico mais confiável e assertivo”, conta Banevicius.

Outra vantagem é que a troca de informações é feita de maneira remota e entre toda a rede de atendimento. Ou seja: um médico do interior da região Norte do país, por exemplo, pode conversar e trocar informações pedir opiniões de profissionais dos grandes centros, como Rio de Janeiro e São Paulo ou compartilhar resultados e imagens do paciente com o médico solicitante do exame, de outra instituição. “Basta estar conectado na rede, publicar a imagem ou o exame do seu paciente e pedir ajuda. O profissional terá opiniões de colegas que poderão auxiliá-lo no diagnóstico. Tudo rápido, seguro e simples”, revela o diretor da GE Healthcare.

O Edison Dialogue Connect pode ser usado por médicos de todas as especialidades e de todas as partes do país. Para acessar, basta o profissional procurar um dos gestores, que pode ser um hospital ou uma universidade, e pedir a sua inscrição.

“É importante relembrar que, por questões de segurança, existe um controle de acesso. Não é qualquer um que entra e pode postar. Há um pedido que deve ser feito ao gestor, que é a pessoa responsável por gerenciar a entidade inscrita e seu conteúdo na rede, e só aí, com o ok dela, a entrada será permitida. A nossa ferramenta não é uma rede de relacionamentos pessoais. Temos toda a segurança para que imagens e informações não sejam compartilhadas indevidamente e nem vazadas”, confidencia Banevicius.

Hospital das Clínicas

O grande lançamento do Edison Datalogue Connect já está sendo feito no momento que a saúde pública do país vive a sua maior crise: a covid-19. No mês passado, a GE Healthcare disponibilizou para o Hospital das Clínicas, de forma gratuita, a ferramenta para ajudar a própria equipe e colegas de outros hospitais, cidades e estados na interpretação de exames de imagens e no diagnóstico de pacientes com a doença.

A plataforma do HC também conta com dados clínicos como idade, sexo, comorbidades e até o estado atual do paciente. Com isso, segundo Paulo Banevicius, da GE Healthcare, há a possibilidade de se entender melhor a doença e ajudar o médico a definir qual a melhor forma de tratamento para cada um. “Vamos conseguir com que diferentes formas de tratamento sejam conhecidas pelos próprios profissionais do HC e por médicos de outras unidades de saúde”, frisa.

Os interessados em participar da Edison Datalogue Connect focada na covid-19, e já gerenciada pela Hospital das Clínicas, devem procurar a própria instituição e pedir a sua entrada o sistema. Além da GE Healthcare, fazem parte da iniciativa o Colégio Brasileiro de Radiologia, os hospitais Sírio-Libanês, InCor, Samaritano (RJ), o laboratório Fleury, Americas Serviços Médicos, Amazon Web Services, Huawei, Petrobras, banco Itaú, consultoria Deloitte e o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Aperte play e confira a visão geral da plataforma: 

 

 

GE Healthcare

About GE Healthcare

A GE Healthcare fornece tecnologias e serviços médicos transformacionais que estão moldando uma nova era de atendimento de pacientes. Nossa experiência é abrangente em tecnologias de informação e imagens médicas, diagnóstico, sistemas de monitoramento de pacientes, descoberta de novos medicamentos, tecnologia de produção biofarmacêutica, melhoria de desempenho e soluções em serviços. Ajudamos nossos clientes em todo o mundo a prestar um melhor atendimento para um número maior de pessoas a um custo menor. Além disso, estabelecemos parcerias com organizações líderes na área da saúde que se esforçam para fazer as mudanças necessárias em políticas globais, implementando uma transição bem sucedida para sistemas sustentáveis de assistência à saúde.