This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Habilidades em alta na área de Ciências da Vida

Na era de transformações tecnológicas quase impensáveis, a indústria de ciências da vida mostra que segue na vanguarda dessa mudança: em nenhum lugar isso é mais evidente do que em hospitais modernos, onde robôs realizam cirurgias, pacientes são receptores de articulações, membros e próteses, e dados pessoais moldam a maneira como remédios e tratamentos são formulados.

Este impulso em direção a uma era tecnotrônica está revolucionando o trabalho em Ciências da Vida – área que envolve o mercado farmacêutico e o setor da saúde como um todo. Com tanta inovação acontecendo, é óbvio que algumas habilidades estarão em falta, já que a demanda por “transformação digital” supera o número de profissionais qualificados para cumprir essas tarefas. Em outras palavras, há uma lacuna de habilidades sendo criada pelo ritmo radical de mudança.

Nesse cenário, como o candidato pode se preparar e desenvolver habilidades necessárias para superar essa transição? O diretor global da área de Ciências da Vida da Hays, Paul Strouts, lista algumas das áreas em que se percebe que os conjuntos de habilidades são insuficientes – e essas podem ser áreas nas quais o profissional deve se concentrar para encontrar seu emprego ideal.

1. Habilidades digitais

Os gerentes de contratação estão encontrando dificuldades para preencher vagas em que as habilidades digitais estão no topo da lista de requisitos. De programadores estatísticos a especialistas em Real World Data, o setor de ciências da vida está enfrentando obstáculos para encontrar profissionais nessa área. Desenvolva suas habilidades digitais e você se moverá na mesma direção que o mercado. 

2. Habilidades de liderança

A US Skills Index Analysis, que utilizou dados do LinkedIn para rastrear a oferta e a demanda de habilidades específicas em sete setores principais, mostra que havia uma lacuna de quase 40% em habilidades de gerenciamento de projetos para a indústria de ciências da vida/saúde. Treinamentos e cursos de liderança agora são amplamente acessíveis, então considere aproveitar esta oportunidade para reforçar suas competências. 

3. Habilidades em tecnologia médica

Um recente relatório da Deloitte sobre força de trabalho e habilidades em tecnologia médica na Austrália indicou uma lacuna de 15% nas habilidades de pesquisa de produtos e uma diferença de quase 30% nas habilidades de desenvolvimento de produtos. Notavelmente, 84% das empresas acreditavam que essas lacunas de habilidades estavam afetando negativamente seus negócios, principalmente nos últimos cinco anos. Com o ritmo acelerado da inovação tecnológica, adquirir habilidades em tecnologia médica é uma maneira segura de acelerar sua carreira.

4. Habilidades de venda

Enquanto no passado, a experiência clínica era um bônus para os representantes de vendas de produtos farmacêuticos, a nova tendência é que, em equipes menores, mais enxutas e colaborativas, boas habilidades comerciais sejam favoráveis. Você pode aumentar sua atratividade para potenciais empregadores, desenvolvendo e demonstrando seu valor para a prospecção para a linha de fundo da empresa.

Para os profissionais com as habilidades certas, existem oportunidades de emprego em ciências da vida como nunca visto antes. À medida que os velhos estereótipos são repassados em favor do novo, os candidatos com visão e agilidade irão fechar a lacuna de habilidades e chamar a atenção para um sistema de saúde totalmente novo.

Sobre a HAYS

Hays, a líder mundial em recrutamento de pessoas qualificadas, profissionais e capacitadas. A Hays plc (o “Grupo”) é um grupo líder global de recrutamento profissional. O Grupo é especialista no recrutamento de pessoas qualificadas, profissionais e capacitadas em todo o mundo, sendo líder de mercado no Reino Unido e Ásia-Pacífico, e um dos líderes de mercado na Europa Continental e na América Latina. O Grupo opera nos setores público e privado, atuando em posições permanentes, contratos e trabalhos temporários. Em 31 de dezembro de 2018, o Grupo totalizava 11.700 funcionários, trabalhando em 262 escritórios, em 33 mercados e mais de 20 especialidades.

Portal Saúde Business

About Portal Saúde Business

Formar e informar o executivo de saúde é o que fazemos todos os dias. Há mais de 15 anos desenvolvendo um conteúdo proprietário e centrado nos principais gestores do país, acompanhamos as notícias e tendências que impactarão no dia-a-dia dos hospitais, operadoras, centros diagnósticos, farmacêuticas e clínicas do país.

Leave a Reply