This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Fatores que influenciam na gestão do risco em operadoras

By 12 de novembro de 2015 Operadoras
planilha-excel

Atualmente, no mundo corporativo, saúde tornou-se “o benefício”. Seu impacto no orçamento das empresas é grande e configura um dos maiores gastos empresariais. Para uma operadora de saúde, ter um planejamento que leve em conta fatores de risco é importante, e essencial, em um mercado cada vez mais competitivo.

Levando em conta que um risco é todo procedimento pontual que possa desequilibrar a apólice de uma operadora, é preciso considerar ações que possam mitigar esses problemas, mesmo que eles sejam inexistentes a princípio. Um bom ponto de partida é realizar ações preventivas que diminuam a probabilidade desses eventos ocorrerem. Mapear a saúde da população e trabalhar com programas de qualidade de vida, contra tabagismo, alcoolismo, sedentarismo e obesidade, podem reverter em bons resultados.

No entanto, mesmo pautada em métricas e ações de prevenção, a gestão estratégica de riscos deve considerar alguns fatores no caso de uma operadora de saúde. O primeiro é a identificação do público-alvo. Esse é o início de um processo de gerência de risco, afinal, segmentos diferentes têm riscos diferentes.

Depois, é preciso fazer a negociação com os prestadores de serviços de saúde para o controle das variações dos custos assistenciais da operadora e para chegar, enfim, à precificação adequada. Nesta etapa, é preciso levar em consideração fatos do passado e do futuro. Por exemplo, estatísticas como frequência de utilização, custos médios dos eventos e a própria observação desses mesmos indicadores no mercado.

A gestão médica e a comercial não podem ser deixadas de lado. Uma é essencial para a fabricação das estatísticas que serão a base para o gerenciamento de risco e a outra, para o equilíbrio necessário do fluxo de entradas e saídas de beneficiários, seja em planos de contratação individual ou produtos coletivos empresariais ou de adesão. Por fim, o combate a fraudes é um dos itens mais importantes e deve ter planos e estratégias permanentemente atualizados.

Fonte

MV

About MV

A MV é líder de mercado em sistemas de gestão de saúde e sempre mostrou determinação para a excelência, inovação e geração de resultados. Crescendo lado a lado com os clientes, expandiu sua atuação de forma constante e sustentável, estabelecendo parcerias e investindo no talento das pessoas.

Leave a Reply