This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

⚠️ Hospital Albert Einstein, Rede D'Or, Amil, DASA, Fleury... todos no HIS. E você? Clique aqui

Como o PEP melhora a sustentabilidade da saúde

By 6 de agosto de 2015 Hospitais

Não começou ontem e também não ficará totalmente pronto amanhã. O PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente) ainda está dando os seus primeiros passos no Brasil, mas tem muito a oferecer para a gestão da saúde local. Isso porque, implementado há 35 anos nos Estados Unidos, o PEP começa agora a mostrar os ganhos que oferece. A nova estrutura provida pelo PEP reverte diretamente para melhorias no processo assistencial da saúde e contribui muito para a sustentabilidade da saúde.

Além da melhoria quanto ao incremento no atendimento ao paciente, um PEP também proporciona outros benefícios, como diminuição de erros de medicação durante o tratamento ou até mesmo redução de pedidos de exames desnecessários, o que acaba por melhorar a gestão do estabelecimento: menos erros com medicação e realização de exames desnecessários significa redução de custos para hospitais, planos de saúde, SUS e, principalmente, para o paciente.

Bom para a gestão da saúde assistencial, mas melhor ainda para ganhos de eficiência na gestão de processos, na contenção de desperdícios e na qualidade do atendimento ao paciente. Nos Estados Unidos a adoção do PEP aconteceu em 2011 e se deu como estratégia de governo. Foram investidos US$ 20 bilhões em TI para suportar a implementação. Segundo análise do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), a iniciativa fez crescer para 78% a quantidade de médicos norte-americanos que utilizam algum tipo de PEP em seus consultórios.

A expectativa é que sistemas privados e públicos possam atuar com eficiência com a adoção do PEP no Brasil. Embora ainda em evolução, a pesquisa do IESS mostra que o uso maciço da internet nos estabelecimentos (91%) contribui para aumentar o uso de sistemas eletrônicos de informação dos pacientes. Hoje 77% dos locais fazem uso de sistemas de informações médicas. No entanto, boa parte deles ainda atua parcialmente e de forma desintegrada. O desafio é justamente promover essa integração, tanto na esfera privada como na pública.

MV

About MV

A MV é líder de mercado em sistemas de gestão de saúde e sempre mostrou determinação para a excelência, inovação e geração de resultados. Crescendo lado a lado com os clientes, expandiu sua atuação de forma constante e sustentável, estabelecendo parcerias e investindo no talento das pessoas.

Leave a Reply