This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

HIS19 Já conferiu os 40 primeiros palestrantes dessa edição? 🚀 Clique aqui

Como informações integradas tornam a decisão clínica mais rápida

By 4 de junho de 2015 Hospitais

Para se formar médico no Brasil, o profissional deve – segundo o Ministério da Educação e Cultura – ser preparado com uma formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Em linhas gerais, o médico deve ser capaz de se manter atualizado e principalmente desenvolver uma capacidade reflexiva para analisar dados obtidos do paciente e exames. A tomada de decisão clínica depende disso e, nesse processo, a tecnologia é parceira fundamental. É a partir do apoio tecnológico que todo conjunto de dados e informações são organizados de forma integrada, com o objetivo de atender à demanda e antecipar as necessidades dos pacientes.

Usar a tecnologia a favor da tomada de decisão proporciona qualidade e rapidez à instituição, além de segurança. Normalmente a improdutividade das empresas é alimentada pelo desencontro de informações, pelos gastos excessivos, por falta de visualização dos custos e pela gestão deficiente.

Dados bem estruturados e agrupados em relatórios, trazem indicadores importantes que contém dados de exames, hábitos alimentares, internações, altas, entre outras informações sobre os pacientes. Quanto mais aparada por dados analíticos, a tomada de decisão clínica fica mais estratégica.

Como o setor de saúde é um dos que mais gera dados, trabalhar com sistemas integrados é o primeiro passo. Sistemas paralelos que não conversam entre si dificultam o fluxo da informação. Um só sistema para todas as áreas colabora para toda a operação caminhar rumo a um mesmo objetivo e também torna o negócio mais eficiente inclusive do ponto de vista estratégico.

Com a entrada dos dados sendo padronizada e parametrizada conforme as necessidades do gestor, observa-se uma redução do número de erros e, consequentemente, a quantidade de retrabalhos.

Além da assistência diagnóstica, os sistemas de informação integrada também facilitam a decisão no momento em que promovem um melhor armazenamento e recuperação de informações.

O médico passa a ter acesso a dados gerais e específicos do paciente de uma maneira muito mais rápida e fácil, o que contribui para a qualidade do atendimento e para a otimização do tempo, sem gerar custos adicionais.

MV

About MV

A MV é líder de mercado em sistemas de gestão de saúde e sempre mostrou determinação para a excelência, inovação e geração de resultados. Crescendo lado a lado com os clientes, expandiu sua atuação de forma constante e sustentável, estabelecendo parcerias e investindo no talento das pessoas.

Leave a Reply