This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

A importância da gestão da cadeia de suprimentos na gestão hospitalar

By 22 de dezembro de 2015 Hospitais

Coordenar uma instituição de saúde, atualmente, é praticar uma gestão com ênfase nos recursos humanos, no capital intelectual e, principalmente, nos processos. O bom funcionamento desse sistema está ligado intimamente à parte de logística de suprimentos. Suprir adequadamente o ambiente hospitalar com materiais adequados que garantam qualidade, produtividade, satisfação dos pacientes e prestação de serviços pela equipe hospitalar está entre os principais desafios da administração de uma organização de saúde.

O conceito de uma cadeia de suprimentos na área de saúde é formado por uma visão mais ampla que considera uma estratégia de planejamento, implantação e controle do fluxo para os processos de obtenção e gerenciamento da movimentação de materiais. Na logística hospitalar é preciso considerar toda a infraestrutura existente, desde a organização, as pessoas, os processos até os sistemas de informação de suporte.

Devido à complexidade de atividades pertinentes à área, a gestão de logística de suprimentos acaba por se tornar uma das maiores dificuldades. Isso porque ela envolve desde seleção, controle, compra, estoque, armazenamento e distribuição e exige do profissional atributos como planejamento e supervisão, além de delegação de poderes e pensamento estratégico. Outro ponto importante é a comunicação e capacitação constante por parte do gestor.

Um erro é delegar a responsabilidade de controlar essa área a colaboradores não qualificados para o exercício da função. É preciso que o gestor entenda minimamente de conceitos básicos e da linguagem técnica dos materiais e que, sempre que necessário, empenhe esforços para adquirir conhecimento necessário através de cursos especializados. O investimento gera ganhos de qualidade, produtividade, eficiência e eficácia.

Como gerenciar é estabelecer metas, o gestor deve ainda traçar um plano para manter e outro para melhorar a atuação de seus profissionais, mantendo monitoramento constante. Isso visa à melhoria dos processos, produtos e serviços, sendo possível a partir de relatórios, determinar a qualidade de todo o processo de logística de suprimentos.

O perfeito entendimento da cadeia de abastecimento tem sido reconhecidamente um fator de vantagem competitiva. Levando-se em conta que o processo de produção do setor da saúde é muito complexo e o hospital engloba várias disciplinas e profissões, incorporando tecnologias; o gestor de uma instituição de saúde deve estar envolvido em todas as atividades e áreas de funcionamento de suas unidades de atendimento. Cabe a ele dominar teoricamente o desenvolvimento de todos os seus setores.

MV

About MV

A MV é líder de mercado em sistemas de gestão de saúde e sempre mostrou determinação para a excelência, inovação e geração de resultados. Crescendo lado a lado com os clientes, expandiu sua atuação de forma constante e sustentável, estabelecendo parcerias e investindo no talento das pessoas.

Leave a Reply