INSCREVA-SE para o HIS19 e atualize-se com mais de 70 horas de conteúdo! Inscreva-se

BI: Calcular um ROI antes de começar é essencial

By 20 de agosto de 2015 Gestão Estratégica

Já é consenso no mercado que a informação disponibilizada no momento certo e no formato adequado é de extrema importância para a tomada de decisão, ainda mais no mercado da saúde, onde vidas dependem disso!

Em um ambiente cada vez mais competitivo, dados bem tratados conduzidos por profissionais capacitados a lidar com eles, têm o poder de alavancar qualquer negócio, reduzir custo (algo que na saúde já virou mantra) e trazer maiores resultados clínicos

Concebido a partir das necessidades da organização, um Business Intelligence (BI) tem elevado valor estratégico ao negócio. No entanto, o momento em que a empresa decide pela aquisição de um BI deve ser precedido por uma análise da sua aplicabilidade, chamado retorno sobre o investimento (Return of Investment – ROI). É preciso avaliar cuidadosamente o caminho da mudança, sustentando-o em pilares de aprendizagem, o que ajudará a empresa a atingir performance elevada e desempenho de excelência.

Por definição, um ROI é uma medida de desempenho usada para avaliar a eficiência de um investimento ou para comparar a eficácia de um número de diferentes aplicações. Muitas vezes esquecido pelos times de TI dos hospitais brasileiros, mas sempre lembrado pelos CEOs, o ROI é tão importante quanto o resultado prático em si, uma vez que o ROI negativo impede a manutenção e a sustentabilidade do sistema.

Matematicamente é bastante simples de calcula-lo, porém na prática uma série de variáveis podem tornar as coisas um pouco mais complexas. É preciso levar em conta hardware e software adquiridos, custo de consultores envolvidos, valor do projeto total e tempo que será necessário à implementação.

Mesmo que não seja calculável de imediato, o ROI de um BI é muito favorável e corresponde ao valor do incremento obtido no desempenho organizacional. Há não muito tempo, um ROI em TI era calculado pela melhoria proporcionada nos processos operacionais que se traduzia em benefícios operacionais, na consequente redução de custos e crescimento das margens de lucro, alguns desses ainda tabu na saúde. Hoje, o que se pretende é medir a performance no processos de gestão e atendimento, um exemplo disso é o pagamento por performance, que não seria possível sem um sistema de BI.

Em um momento em que a gestão e monitoramento do desempenho já faz parte do DNA de qualquer empresa, e é cada vez mais a realidade nas empresas do setor saúde, um BI possibilita acompanhar todo o ciclo de gestão de uma organização, traduzido no alinhamento entre as pessoas, a informação e os processos de tomada de decisão. Ter na mão esses dados, proporciona um grande retorno ao gestor. Em processos de melhoria contínua, o retorno do investimento também é contínuo.

MV

About MV

A MV é líder de mercado em sistemas de gestão de saúde e sempre mostrou determinação para a excelência, inovação e geração de resultados. Crescendo lado a lado com os clientes, expandiu sua atuação de forma constante e sustentável, estabelecendo parcerias e investindo no talento das pessoas.

Leave a Reply