Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Virada da Saúde Digital

Créditos: Flickr - Julien Sanine
Publicidade

Nesta semana, comemoramos o  Dia Mundial da Saúde (7/4) e a cidade de São Paulo dá início à 1a. Virada da Saúde, um evento inédito, idealizado pelo Instituto de Saúde e Sustentabilidade. Ao longo de cinco dias a capital paulista será invadida por oficinas, mutirões, palestras, exposições e muitas outras atividades que irão colocar o tema da qualidade de vida na cidade grande, no centro das atenções dos paulistanos.

Uma vertente igualmente inédita de todo esse conjunto de ações será a utilização de recursos digitais para incluir a população de São Paulo em grupos de discussão com moderação de especialistas em saúde.

Como sempre falo aqui na coluna, a inclusão digital é um atalho para o engajamento das pessoas em boas práticas ligadas à saúde. Não é segredo que esse processo de inclusão cria um contexto novo onde se podem desenvolver ações de promoção e prevenção sem as respostas demoradas, despesas elevadas e, sobretudo, baixíssimo acúmulo de conhecimento que acompanham os processos baseados em papel e telefone.

Na prática, durante a semana de 7 a 12 de abril diversas rodas de conversa sobre saúde estarão ocorrendo através de uma plataforma social (www.rodasdasaude.com.br) criada pela Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV), Grupo Funcional e nós da rede social Cidadão Saúde, especialmente para o evento.

Nela a população irá encontrar conteúdo chancelado pela ABQV, e sobre o quais serão desenvolvidas intervenções sempre moderadas pelos associados daquela entidade.

Ademais, uma série de entrevistas com especialistas serão veiculadas através de uma rádio digital embarcada na rede – oportunidade rara para que a população possa conversar em tempo real com os entrevistados, o que de outra forma não seria possível. Também serão realizadas sessões de chat online onde os participantes poderão interagir individualmente com moderadores de seus grupos sobre certos aspectos de suas preferências.

Mas, como também já comentei aqui na coluna, nem só de tecnologia se constrói uma experiência digital. Uma questão que sempre abordo diz respeito ao colaboracionismo necessário entre os profissionais envolvidos num processo de saúde digital. A implementação deste case trouxe-nos uma grata surpresa. O espírito de equipe e inovação que ungiu as equipes da ABQV, do Grupo Funcional a da rede social Cidadão Saúde durante a empreitada mostrou desde o começo que ainda é possível fazer muito mais pela saúde, sem perder o foco e sem estrangular as agendas de todos os envolvidos.

Sim, estamos todos honrados em conseguir participar dessa primeira Virada da Saúde de uma forma inovadora. Mas acima de tudo ficamos felizes por termos podido reunir numa mesma rede social pessoas interessantes e interessadas em saúde com mais rapidez que qualquer sistema de trabalho tradicional seria capaz de fazer. Por isso esse Dia Mundial da Saúde é particularmente especial para todos nós.

 

Veja mais: 

Por dentro da Saúde Digital

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta