HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

Saúde nas ruas

Publicidade

Não são apenas os 20 centavos. Não mesmo. Será difícil lembrar do mês de junho e da Copa das Confederações sem atrelar aos fatos que ocorreram no País. No último mês, assistimos manifestações em várias partes do Brasil, com gritos, por muito tempo suprimidos, e que pediam melhorias no transporte, educação e também na Saúde. Sem julgamentos sobre o que fomentou o movimento, sobre sua uniformidade ou objetivo, o que podemos extrair de tudo isso é que a Saúde voltou à pauta em uma causa maior. Desta vez, não só sobre o ângulo do paciente na fila de espera de um hospital, não apenas pelo gestor anunciando investimentos e não só pelos médicos pedindo aumento no honorário, o que se viu foi a luta por um direito do cidadão.
O reflexo de tudo isso ainda veremos. Por ora, até o fechamento desta edição, as reinvidicações tiveram como resposta um dos pactos anunciados pelo governo (veja mais informações no Conexão Saúde Web), que anunciou o Programa Mais Médicos, gerando reações contrárias das associações de classe. Entre elas, a vinda de médicos estrangeiros para atuar no Brasil, sem a aprovação no Revalida, caso as vagas abertas no SUS não sejam preenchidas por profissionais brasileiros. Aliás, a classe médica também esteve presente nas manifestações de junho, dizendo que não é ?Mais Médicos? e sim mais estrutura para se trabalhar.
Seja qual for o desfecho dessas manifestações, sabemos que essas medidas, caro gestor, impactará no futuro dos seus negócios e em toda a cadeia de saúde. Assim, nosso papel será o de acompanha-las mostrando o que, afinal, vai mudar e as opiniões dos elos sobre esse assunto.
Por ora, eu o convido a saber mais sobre a história de um médico que foi ?importado? por vontade própria e nunca mais voltou a sua terra natal, desenvolveu a cardiologia na região onde fundou o Biocor Instituto e passa diariamente no leito de cada paciente no hospital. Essa é a história de Mário Vrandecic, que diz que uma das coisas mais importantes é a relação médico-paciente. Veja a revista completa em: http://saudeweb.com.br/revista/fh-213/
Boa leitura!

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta