Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

RDC 25/09: A Hora da Verdade

Publicidade

 No dia 18 de maio, realizou-se, em São Paulo, uma reunião entre algumas Associações e representantes da ANVISA, para tratar sobre o tema da RDC 25/09 que estabelece as Inspeções Extra-Zona.  Segundo alguns participantes, as pessoas saíram com mais dúvidas do que quando entraram na referida reunião.  O fato, entretanto, é que a partir do dia 22 de Maio, passa a viger a referida Resolução e as empresas não terão outra opção, a não ser se preparar para acompanhar tais inspeções e/ou orientar suas representadas no contexto das Inspeções Extra-Zona (IEZ).  Para tanto, há que se ler e entender a RDC 25/09, assim como a RDC 59/00, que traz em seu corpo, o check-list a ser seguido pelos auditores da ANVISA.  Conversei com representantes de algumas empresas já auditadas no exterior e o sentimento em relação às auditorias não é uniforme: enquanto alguns criticaram o trabalho e o pouco preparo e desenvoltura na língua inglesa, o que causou até problemas graves de interpretação, outros se depararam com auditores bem preparados. Nesse quesito, somente o tempo mostrará se o staff da está ANVISA melhor ou pior preparado.  A questão que reside, ainda, é a de cunho econômico, pois certamente algumas empresas não terão caixa suficiente para todas as IEZ.  O caminho do Judiciário certamente terá que ser utilizado para que se garanta a continuidade das operações dessas empresas, Autorizadas pela ANVISA, portanto atendendo aos critérios técnicos, mas que se deparam com um critério econômico obscuro, inexplicável e ao qual a Agência não mostrou nenhuma flexibilidade, tampouco interesse em esclarecer.  O interessante é que para as Inspeções Nacionais, a ANVISA adotou o critério de descontos para as taxas cobradas, enquanto que para as IEZ, não. Alguém sabe explicar o motivo? Afinal, a ISONOMIA não deveria ser aplicada a fabricantes nacionais e importadores que, no final, são EMPRESAS NACIONAIS, pagadoras de impostos, empregadoras, movimentadoras da roda da Economia Nacional?  A briga promete ser boa, mas ninguém pode deixar de fazer a lição de casa.  Como dizia Sun Tzu, general Chinês que viveu entre 544 ? 496 a.C.,  “…se você se preparar e conhecer a si próprio e ao inimigo, não precisará temer o resultado de 1.000 batalhas…”. Por último e não menos importante: as IEZ são de cunho compulsório e há a previsão de sanções para quem desrespeitar o marco regulatório. Atenção para esse fato!

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta