Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Quando se faz a coisa certa

Publicidade

Qualquer publicação,
para ter sucesso e longevidade, deve preservar a coerência e a
lealdade a princípios que, no negócio de mídia, não podem jamais
ser negociados.

Na IT Mídia, essa
orientação é visivelmente colocada à prova nos estudos que
realizamos, em especial os que embasam as premiações. Ao mesmo
tempo em que elegemos dezenas de empresas como vencedoras, outras
centenas ficam para trás – eventualmente, até líderes de mercado,
quando os critérios de desempenho e qualidade pesam mais do que a
lembrança de marca.

Já tive diversas
discussões com clientes importantes e alguns até se afastaram da IT
Mídia, durante anos, por não aceitarem resultados desfavoráveis a
eles. E acabei me habituando a lidar com tais conflitos, mas só
porque sempre tive muita consciência e segurança quanto à
legitimidade do trabalho que desenvolvemos.

Foi com essa mesma
convicção que, poucas semanas atrás, dei boas vindas aos
convidados da festa do tradicionalíssimo Top Hospitalar. Porém,
após 17 edições do prêmio, deparei-me com uma situação inédita:
a decepção por parte de um grande amigo, fundador de uma admirada
empresa do setor, líder absoluta de mercado e uma das maiores
clientes da IT Mídia.

Para início da
cerimônia, ele sentou-se à minha mesa, junto a outros
representantes de diferentes categorias. Nenhum deles saiu vencedor.
Claro que é constrangedor, pois os prêmios mexem com o sentimento
das pessoas – para o bem ou para o mal. No caso que menciono, além
da ligação comercial, estava em jogo um relação pessoal de imenso
carinho e respeito.

Mas eu não tinha a
menor dúvida de que estava fazendo a coisa certa.

Desde a fundação da
IT Mídia, a ética e a isenção do conteúdo jornalístico sempre
prevaleceram, ainda que, de imediato, tragam problemas de negócio.
Afinal, uma interferência qualquer nos resultados de um estudo, por
exemplo, pode acarretar efeitos desastrosos, a começar pela ruptura
da relação de confiança entre o líder e seu time. A médio e
longo prazos, pode derrubar um negócio de mídia.

Por mais difícil que
tenha sido, a experiência do Top Hospitalar deste ano me inundou de
tranquilidade. Porque nem mesmo a maior das motivações me fez
considerar, por um momento sequer, mudar a nossa orientação. E isso
mostra porque a IT Mídia está aqui.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta