Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Qualidade medida e controlada

Publicidade

Sabemos da necessidade de medir, controlar e buscar melhorias em todos os processos de um laboratório clínico por meio de uso de painéis de indicadores, além do impacto positivo conhecido que esta prática gera na assistência à saúde e, finalmente, na segurança do paciente.

A Resolução Normativa 275 da ANS instituiu o Programa Qualiss, que tem como objetivo avaliar desempenho de laboratórios clínicos e auxiliar o paciente na opção pelo seu plano de saúde. Recentemente um grupo de 13 indicadores essenciais e 2 recomendáveis foram definidos para serem testados pelo programa com empresas voluntárias. Tópicos como eficiência, acesso, segurança, efetividade, equidade e centralidade no paciente serão medidos e avaliados.

Buscando as melhores práticas disponíveis e alcançadas por instituições do próprio setor, os programas de benchmarking de indicadores vêm surgindo em diversos países com instituições relacionadas à Medicina Laboratorial. Para que estas análises comparativas sejam fidedignas e que representem a realidade das operações laboratoriais, é fundamental a padronização, quando possível, ou a harmonização (consenso entre as partes) dos meios e formas de mensuração dos indicadores.

Recentemente um importante trabalho de harmonização de indicadores laboratoriais de abrangência global teve início com a Conferência de Consenso sobre Indicadores de Qualidade Laboratorial, realizada em Padova, na Itália, que resultará em uma divulgação para todo o setor laboratorial. Neste encontro o Brasil esteve representado com o Programa de Indicadores Laboratoriais da SBPC/ML, apresentado pelos colegas Wilson Shcolnik e Alex Galoro, trazendo a experiência de centenas de laboratórios nacionais.

Iniciativas sistêmicas e que criam reais benefícios a todo o setor e, especialmente, aos pacientes devem ser buscadas de forma incisiva e constante. É como diz uma das variações da célebre frase de Deming: ?não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, ou seja, não há sucesso no que não se gerencia?

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta