Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Overbook no Pronto Socorro

Publicidade

 Quem tem plano de saúde e necessita de atendimento em Pronto Socorro na Cidade de São Paulo está com problema.Usuários do SUS sempre tiveram este problema, mas agora é geral: longas horas de espera para ser atendido se não estiver em situação de plena emergência.Demora a atender e quando consegue vem aquela sensação de que o médico entra de costas no consultório para poder sair mais rápido para atender outro já que a remuneração é baixa.Uma razão antiga é a ?mania que todo mundo tem? de não procurar o serviço ambulatorial indo direto para o PS, no fundo para uma consulta médica.Não vai regularmente ao médico para consulta e exames de rotina, e quando surge algum sintoma ?parecido com coisa ruim? corre ao PS ?com medo da dorzinha no peito?, na maioria das vezes ocasionada por gases.Mas o que está realmente ?agravando o sufoco? do PS é o overbook.O governo passou a ficar mais esperto no controle das vendas de passagens aéreas depois da catástrofe ? ainda temos problemas de atrasos de vôos, mas diminuiu sensivelmente o overbook na época dos grandes feriados e eventos. Sempre teve a responsabilidade de fazer isso, mas passou a fazer realmente de forma adequada depois do período catastrófico.A Anatel fiscaliza a disponibilidade de banda para ligações telefônicas e acesso à Internet, o que diminuiu bastante a reclamação de perda de ligações ? continuamos reclamando muito do preço, do Telemarketing, das ?promoções tipo negócio da China? e do Call Center das operadoras, mas a disponibilidade e qualidade melhoraram.Bem … ninguém está fiscalizando de forma adequada se a rede credenciada da operadora de planos de saúde tem capacidade para atender a quantidade de associados !Cá entre nós: você já ouviu alguém dizendo que tentou comprar um plano de saúde e a operadora tenha se negado porque não tem disponibilidade de atendimento na rede credenciada ?Acredito que não.É melhor nem observar o crescimento do número de associados em saúde suplementar em relação à oferta de serviço: se prestar atenção poderá ficar preocupado a ponto de precisar de um PS … e será ruim.O overbook não é só em relação á capacidade física de atendimento (salas e equipamentos físicos disponíveis) mas também em relação à quantidade de médicos interessados em trabalhar em PS.Não é (nunca foi) ?sonho de consumo? da maioria dos médicos trabalhar em Pronto Socorro … já não se quer ser pediatra ou clínico geral, quanto mais ficar ?dando plantão? !É comum você chegar ao PS, ver muita gente na recepção, segurança, e hotelaria e um monte de consultórios … vazios por falta de médico.O caos aéreo recente aconteceu porque não se deu atenção adequada ao overbook enquanto era caos … enquanto ainda não era catastrófico ? todo mundo percebia e ?profetizava o que estava para acontecer?, mas o governo não fez nada … e o resultado nem é bom lembrar.O serviço de saúde não se preocupa com isso, porque quanto mais lotada estiver a porta melhor ? assim como para a companhia aérea se sobrar passageiro no vôo não é problema. O serviço de saúde só se preocupa ?se faltar passageiro?, o que está muito longe de acontecer.O problema é estrutural: de saúde pública e não de saúde privada, apesar de acontecer na saúde suplementar ? somente o governo pode resolver: os serviços de saúde isoladamente não querem.Diferente do overbook na companhia aérea, onde o cliente perde um negócio ou um período de relaxamento em uma viagem de turismo, em saúde o que se perde pode ser o cliente ? para ser mais claro: a vida do nosso cliente.E como todo problema estrutural é melhor que a atenção seja dada antes da catástrofe, uma vez que o caos já é fato e não pode mais ser evitado.Pode duvidar do cenário ? mesmo assim vou torcer para que não tenha que comprovar que não é exagero na prática, como eu mesmo comprovei tendo um plano de saúde considerado ?top?, em um serviço de saúde considerado ?top? !

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta