Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

O COMPLEXO INDUSTRIAL DA SAÚDE

Publicidade

O PAC da Saúde traz em seu bojo, a palavra ?Inovação?. Discutida em alguns grupos de alta performance, conclui-se, de inicio, que poucos sabem exatamente o que é Inovação e onde ela pode acontecer. Será a criação de algo sempre revolucionário e inovador ou pode acontecer na melhoria de processos? E em quais tipos de empresas ela tem maiores chances de se concretizar: nas grandes e já estabelecidas ou nas empresas iniciantes (start-ups)? Independente das respostas a essas perguntas, o mais importante é que se verifique se o ambiente é propício ao desenvolvimento e implementação dessas ?Inovações?. É como a lei primária da Microbiologia: sem substrato adequado, nada cresce. Evidentemente, logo nos vem à mente o ambiente regulatório em que essas empresas estão inseridas e não demora muito a se perceber que estamos tentando semear bactérias em soda cáustica…

Uma empresa iniciante que pretenda colocar seus produtos no mercado médico hoje, levaria, no mínimo, três anos para fazê-lo. Se estiver na área de eletromédicos ou próteses implantáveis, cinco anos fácil, fácil. Então fica o convite ao raciocínio: se pretendemos estabelecer de verdade um Complexo Industrial da Saúde, como fazer para atrairmos investidores para a essa área e convencê-los a esperar de três e cinco anos para ver algum retorno do dinheiro investido? Especialmente em época de crise? Bem, ou o nosso governo federal repensa o ambiente regulatório ou o PAC da Saúde e o CIS não passarão de mais uma dessas siglas vazias de algum governo que com o tempo acabará. Afinal, num espectro mais amplo, isonomia é tratar os iguais igualmente e os desiguais dentro de suas desigualdades. Esperar que empresas iniciantes sigam a mesma cartilha daquelas estabelecidas há anos, é pedir para matar o espírito empreendedor dos nossos (corajosos) empresários.

Grandes ou pequenas, tradicionais ou iniciantes, com recursos próprios ou de investidores, o fato é que para que se possa inovar, há que se ter o ambiente adequado para que as respostas sejam rápidas, gerando mais inovações. Fica aqui a dica para pensarmos a respeito e sugerirmos mudanças efetivas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta