Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

VP da Air Liquide acompanha investimentos da empresa na América do Sul

Publicidade

A expansão geográfica nas economias em desenvolvimento é um dos eixos de crescimento da Air Liquide, que vê a região sul-americana, onde atua há mais de 70 anos, como uma das mais promissoras para crescer nos próximos anos. “O nosso Programa ALMA estabelece ousadas metas de competitividade atreladas a investimentos mundiais de €12 bilhões no período 2011-2015. Significativa parte desse valor está voltada à nossa expansão na região”, comenta Alejandro Berardi, vice-presidente para a América do Sul.

Líder mundial em gases para a saúde, indústria e meio ambiente, com 43 mil pessoas em 80 países, a empresa mantém operações na Argentina, Brasil, Chile, Uruguai e Paraguai. “No Brasil, por exemplo, detemos hoje a segunda posição e um forte potencial de crescimento. No mercado industrial a nossa meta é chegar a 25%, até 2014, ante os 18% atuais. Vamos crescer também na área médica.”, enfatiza Berardi.

Na América do Sul, a Air Liquide mantém mais de 50 unidades de produção e atende mais de 50 mil clientes, entre eles 1.700 hospitais e mais de 25 mil pacientes domiciliares, com o Programa VitalAire.

Inovação e sustentabilidade fazem parte dos pilares estratégicos da Air Liquide. Anualmente, mais de 250 patentes são geradas pelos oito centros de pesquisa da empresa no mundo; 60% do orçamento de P&D são destinados aos programas de desenvolvimento sustentável para a redução do consumo de energia, produção mais limpa e energias renováveis ou com zero emissão de carbono.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta