HIS17 | Healthcare Innovation Show Compre 1 convite e leve 2, e economize 50% durante a pré-venda! Saiba mais

Vecina deixa Sírio-Libanês e Paulo Chapchap é novo CEO

Créditos: Divulgação
Publicidade

Com crescimento acima do mercado hospitalar, – com receita bruta em torno de R$ 1,6 bilhão em 2015, 14,3% acima do registrado em 2014 – o Sírio-Libanês anunciou Paulo Chapchap como o novo CEO da instituição. Ele assume a liderança executiva da gestão do hospital – agora sem a presença de Gonzalo Vecina na superintendência corporativa. Chapchap, de olho na estratégia da instituição, e Vecina trabalharam por oito anos lado a lado.

O momento para a mudança na gestão é desafiador devido ao momento atual econômico, em paralelo com a estratégia de crescimento do Hospital Sírio-Libanês, que nos últimos anos tem investido para chegar em 691 leitos (SP). Entre 2014 e 2015 foram abertos 83 novos leitos, totalizando as atuais 451 unidades de internação. Além disso, também foram abertas duas novas unidades em São Paulo e outras duas em Brasília – com a previsão de inaugurar a terceira, na mesma cidade, ainda este ano.

A taxa de ocupação se manteve estável ao longo do ano passado, em torno de 85%, praticamente a mesma registrada de 2014 (85,7%).

De acordo com Chapchap, o Sírio vem obtendo bons resultados em sua trajetória, mas necessariamente vai buscar novos modelos para continuar a crescer. “O avanço do conhecimento científico e o modo de cuidar, bem como a mudança da relação das pessoas com a própria saúde, exigirão esse entendimento, para que possamos construir o futuro da instituição”, afirmou Chapchap em comunicado ao mercado.

Leia Mais:
Hospital Sírio-Libanês contrata solução para avaliar corpo clínico
7 competências do administrador hospitalar, por Gonzalo Vecina

Paulo-Chapchap

Foto: Paulo Chapchap

Perfil de Paulo Chapchap
Paulo Chapchap é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Entre 1986 e 1987 foi bolsista de investigação e professor assistente visitante do departamento de transplante de fígado da Universidade de Pittisburgh (EUA).

Doutor em clínica cirúrgica pela Universidade de São Paulo, foi membro do Conselho da Sociedade Internacional de Transplante Hepático, de 2007 a 2011.

Antes de assumir a Superintendência de Estratégia Corporativa do Hospital Sírio-Libanês, Chapchap foi membro do Conselho de Administração da instituição.

Atualmente, como diretor do Programa de Transplante de Fígado do hospital, acumula a liderança de uma equipe pioneira na área no Brasil, com a maior experiência em transplantes pediátricos intervivos, com índices de sobrevida semelhantes ou superiores às principais instituições internacionais.

Também é pró-reitor de cursos de pós-graduação stricto sensu, presidente do Conselho de Ensino e Pesquisa do Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa e membro do Conselho de Administração da Associação Nacional dos Hospitais Privado (Anahp).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta