Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Uso de maconha deve ser uma questão de saúde pública

Publicidade

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, disse ontem (16) que o uso da maconha deve ser tratado como uma questão de saúde pública. “Alguém achar que vai acabar ou com o uso da maconha ou do álcool com polícia, essa pessoa deve ter bebido mais do que o alcoólatra porque essa questão se resolve com uma grande informação e abrindo as portas para essas pessoas serem tratadas”, ressaltou. Ele afirmou também que além do governo, a Igreja, a escola e a família também devem se envolver na questão.
Minc participou de audiência pública na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados. Ele foi convocado pela comissão para esclarecer sua participação na Marcha da Maconha ocorrida no último dia 9, no Rio de Janeiro (RJ). 
O ministro disse que é a favor da discussão sobre a legalização da maconha, justificando que a droga pode ser tão letal quanto o cigarro ou o álcool. “Sou favorável [à legalização da maconha], assim como o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, o governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, pela razão que, segundo os médicos, a letalidade dela é tão grande quanto a do álcool e a do cigarro”, disse.
O ministro afirmou ainda ser favorável à Lei Seca por achar que ela reduziu os acidentes de trânsito. Além disso, defendeu as propagandas que falam dos males do cigarro, por acreditar que elas podem ajudar a reduzir o consumo.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta