5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

Urologistas ganham um ano extra de formação

Publicidade

A Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), do Ministério da Educação e Cultura, aprovou por unanimidade a inclusão de um ano extra na especialização em urologia. A partir de 2005, todos os programas de residência passarão a ser feitos em três anos. A notícia foi considerada uma importante conquista para a Sociedade Brasileira de Urologia, quanto à especialização de sua classe médica. Com a alteração curricular determinada pelo MEC, a formação em urologia levará 11 anos de preparação. Antes do período de residência, os estudantes devem cursar dois anos voltados à cirurgia geral, além dos tradicionais seis anos de medicina. Eric Roger Wroclawski, presidente da SBU, considera que a decisão do governo federal contribui para ampliar o nível de qualificação profissional e científica nas escolas de medicina brasileiras.

       
Publicidade

Deixe uma resposta