Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Unimed Paulistana não está mais sob intervenção da ANS

Publicidade

A Unimed Paulistana não está mais sob intervenção fiscal do Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que teve início em 2009. A cooperativa regualrizou parte dos débitos, que somavam R$ 1, 1 bilhão em passivos tributários.

Durante o período de direção fiscal da ANS, a cooperativa negociou parte da dívida de ISS, que totalizava  R$ 700 milhões, por meio do Programa de Parcelamento Incentivado da Prefeitura de São Paulo. Do R$ 400 milhões de débitos federais, R$ 135 milhões foram negociados no último Refis.

A cooperativa também apresentou o seu resultado de 2010, que foi de R$ 44 milhões, mas com sobra real de R$ 1,9 milhão. Em 2009, a Unimed Paulistana tinha apresentado um prejuízo de R$ 98 milhões. Para 2011, a projeção é alcançar um faturamento de R$ 150 milhões. A cooperativa terminou 2010 com 940 mil beneficiários, o que representa um aumento de 120 mil vidas em relação a 2009.

* Com informações do Valor Econômico

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta