Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Unimed Guarulhos implanta sistema de autorização

Publicidade

Uma das principais reclamações dos consumidores quanto aos planos de saúde é a burocracia na autorização de exames, ocasionando atrasos em procedimentos, muitas vezes prescritos com urgência. Facilitar a vida de seus clientes e descurocratizar a autorização dos procedimentos médicos nos hospitais e consultas foi o principal objetivo da Unimed Guarulhos ao implantar um sistema automático, integrado ao seu banco de dados. A Proper, desenvolvedora de software, criou o Autorizador Proper, um sistema que atende as regras da Unimed e comunica-se com o banco de dados de gestão da saúde da Unimed. Todos os conveniados contam com um cartão da Unimed. Assim que chegam a um hospital, por exemplo, e a recepção faz a leitura daquele cartão, todos os dados do paciente são checados com o banco de dados da operadora. De forma automática e on-line, o paciente fica sabendo sobre quais procedimentos foi autorizado a usar.
?O processo é rápido, facilitando a vida do operador, na recepção do hospital ou consultório, e do paciente, que espera por uma resposta rápida?, destaca o presidente da Unimed Guarulhos, Wagner Morandini. A Unimed distribuiu 65 mil cartões entre seus associados, permitindo que a rede conveniada possa fazer a autorização.
A partir da leitura do cartão o sistema consulta a carência do associado, se está com o pagamento em dia, qual o nível de seu plano e a cobertura, entre outras informações. O operador tem as informações automaticamente, destaca Morandini.
Segundo o diretor da Proper, Jonas Alves de Mello, o sistema atende todas as regras da Unimed Guarulhos, comunicando-se com o banco de dados de gestão de saúde da operadora. ?O sistema reconhece em torno de 4 mil procedimentos médicos e verifica em torno de 500 regras do convênio, respondendo automaticamente ao servidor quais os direitos do conveniado?, destaca Mello.
?Na Unimed os ganhos são visíveis. A operadora não precisa mais redigitar as autorizações, que já entram no sistema?, afirma Morandi. No hospital, os procedimentos também entram automaticamente no procedimento de cobrança, que posteriormente será enviado à Unimed. ?Antes tínhamos um gasto de R$ 1,50 por procedimento e hoje esse custo, sem a redigitação, caiu para R$ 0,24?, completa o presidente da Unimed Guarulhos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta