Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Unifesp lança Núcleo de Segurança Alimentar

Publicidade

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) lança oficialmente amanhã o Núcleo Interdepartamental de Segurança Alimentar e Nutricional, que vai agregar o conhecimento adquirido de trabalho, ensino e pesquisa nessa área. Um documento com a descrição das ações realizadas pelos dez projetos que integram o novo núcleo foi entregue recentemente a Frei Betto, assessor especial da Presidência da República e coordenador da mobilização social do Programa Fome Zero, que estará presente no evento. “Vamos oferecer nossa experiência ao Ministério Extraordinário de Segurança Alimentar e Combate à Fome, contribuindo para a inclusão social”, diz o reitor Ulysses Fagundes Neto. Segundo Rosana Puccini, coordenadora do novo núcleo e chefe do Departamento de Pediatria da Unifesp, a atual definição de segurança alimentar e nutricional – garantia de acesso à comida, diariamente, em quantidade, qualidade e regularidade suficientes para nutrir e manter a saúde de uma pessoa – coloca na agenda da sociedade e das universidades, em especial, o desafio de apresentar propostas e ações concretas que possam contribuir com esta difícil tarefa. “Consideramos que, no momento em que este tema é incorporado como uma das mais importantes políticas públicas, nosso trabalho poderá avançar muito, assim como a criação do núcleo de segurança alimentar na Unifesp poderá representar uma grande contribuição para o desenvolvimento desta política”, avalia Puccini.
Até então, professores, alunos e pesquisadores de diferentes departamentos, disciplinas e setores da Unifesp atuavam de forma independente com trabalhos diversificados. A criação do núcleo não vai comprometer a autonomia e a identidade desses setores, mas favorecer trabalhos integrados e articulados, garantindo a continuidade das ações e agregando conhecimento, além de trazer uma possibilidade de identificação desses grupos na universidade, o que favorecerá a participação em vários fóruns – municipais, estaduais e federais – que tratem deste tema.
Entre os projetos integrantes do Núcleo de Segurança Alimentar e Nutricional da Unifesp apresentados ao Ministério está o Cren (Centro de Recuperação e Educação). Com dez anos de existência, já atendeu mais de 14 mil famílias na grande São Paulo. O projeto reúne uma equipe de médicos, enfermeiros, psicólogos, pedagogos e assistentes sociais com uma visão abrangente dos problemas e das soluções para o combate da desnutrição infantil. Em parceria com o BNDES lançou, em setembro de 2002, a Rede de Combate à Desnutrição Infantil que procura compartilhar o conhecimento do Cren, oferecendo material didático para pais e profissionais que lidam com crianças.
Além do Cren, o Núcleo de Segurança Alimentar e Nutricional vai agregar o Projeto Favela, Projeto Xingú, Pida-Embú e Nutwin – Programa de Apoio à Nutrição.

Serviço: Lançamento oficial de Núcleo de Segurança Alimentar da Unifesp – quinta-feira, 4 de setembro, às 12h30. Teatro Marcos Lindenberg – Rua Botucatu, 862, Vila Clementino, zona sul de São Paulo.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta