Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Unifesp adere ao programa de reestruturação dos hospitais de ensino

Publicidade

O Ministério da Saúde acaba de anunciar a adesão do Hospital São Paulo, da Universidade Federal de São Paulo, ao Programa de Reestruturação dos Hospitais de Ensino no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Com isso, a unidade passará a receber mais R$ 15,74 milhões por ano (R$ 1,31 milhões ao mês). Humberto Costa, ministro da Saúde, assinou portaria que incorpora os recursos ao teto financeiro do Estado de São Paulo como incentivo pelo Estado ter realizado convênio com hospitais de ensino. O teto atual de São Paulo é de R$ 3,10 bilhões por ano (R$ 259 milhões/mês). A Secretaria da Saúde é a gestora local e acompanhará o cumprimento das metas estabelecidas com o hospital
O convênio foi assinado pelo reitor da Unifesp, Ulysses Fagundes Neto, por Costa e pelo secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata. Para receber esses recursos, a instituição foi previamente certificada pelo Ministério e terá de cumprir uma série de metas relacionadas a volume e qualidade de atendimento, pactuadas junto às secretarias estadual e municipal de Saúde.
Os procedimentos de média complexidade – atendimento ambulatorial e cirurgias de menor porte, como varizes, hérnias, extração de vesícula, entre outras – representam parte significativa dos serviços prestados e terão a partir de hoje uma fonte fixa de recursos. Já os procedimentos de alta complexidade – transplantes, intervenções cardíacas etc – continuarão sendo remunerados por produção, ou seja, primeiro o hospital presta o serviço e só depois recebe do SUS.
O hospital São Paulo é centro de referência no atendimento de procedimentos de alta complexidade e urgência e emergência. Atende, em média, 4,5 mil pessoas diariamente. Atualmente,a instituição conta com 850 leitos, sendo 797 credenciados ao SUS e 116 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI).
Além do Hospital São Paulo, já aderiram ao Programa e assinaram convênio com seus respectivos gestores, a Santa Casa e a Casa de Saúde Santa Marcelina, ambos de São Paulo, a Santa Casa de Belo Horizonte, as Obras Sociais Irmã Dulce da Bahia e o Instituto Materno Infantil de Pernambuco.
O Hospital das Clínicas, o Instituto de Cardiologia e o hospital São Lucas, de Porto Alegre também firmaram convênio com o gestor dentro do Programa de Reestruturação dos Hospitais de Ensino no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O Grupo Hospitalar Conceição, instalado na capital gaúcha, assinou termo de compromisso aderindo ao Programa.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta