Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

UMC desenvolve sistema para diagnóstico do câncer de mama

Publicidade

A Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) acaba de desenvolver um novo sistema de processamento de imagens que melhora a qualidade e a sensibilidade do diagnóstico do câncer de mama. Resultados preliminares de testes realizados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) mostraram que é possível reduzir em 25% o número de biópsias benignas, ou de oito para seis os resultados negativos, sem diminuição significativa na taxa de detecção de casos malignos. Para chegar ao sistema que será transformado em um software comercial, foi necessário desenvolver um sistema de simulação computacional da mama e suas imagens. As simulações permitem que todos os parâmetros que contribuem para a formação da imagem sejam controlados e avaliados individualmente, o que não é possível com imagens reais. Uma dessas simulações tem como objetivo avaliar qual a técnica de exposição ideal para detectar microcalcificações.
A avaliação do sistema de processamento de imagens no HC de Ribeirão Preto não interferiu na rotina médica do hospital-escola. Os exames de mamografia realizados passam inicialmente por um médico-residente para fazer um laudo, revisto por docentes radiologistas ou médicos contratados. Paralelamente, as mesmas imagens são levadas para o laboratório de informática, onde são digitalizadas antes de serem avaliadas pelo software.. Os resultados do laudo médico são comparados com os emitidos pelo computador. O processo está em fase de validação, um passo intermediário para que possa ser aplicado na rotina hospitalar.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta