Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Um dos mortos é da Funasa

Publicidade

Os nove sobreviventes do acidente com o avião da Força Aérea Brasileira (FAB), ocorrido ontem (29), na Região Norte, chegaram hoje (30) ao aeroporto de Cruzeiro do Sul (AC). Os corpos das duas pessoas mortas no desastre ainda não foram resgatados. A aeronave Caravan C-98 da FAB, que partiu de Cruzeiro do Sul com destino a Tabatinga (AM), fez um pouso forçado no Rio Ituí, afluente do Rio Javari, entre as aldeias Aurélio (da tribo dos matis) e Rio Novo (da tribo dos murgos). O avião foi localizado por índios da tribo dos matis, que avisaram as autoridades sobre o desastre.
Segundo o major Sivieri, da assessoria de Aeronáutica, os sobreviventes estavam conscientes no momento do resgate e foram levados para um centro de convenções ao lado do aeroporto de Cruzeiro do Sul, onde estão sendo atendidos. O avião levava funcionários da Funasa para aldeias indígenas no interior da Amazônia, onde fariam um trabalho de imunização. Eles estavam realizando o trabalho há 15 dias e, segundo a FAB, a aeronave estaria levando-os de volta pra casa. Ainda segundo o major, um dos mortos é um militar da FAB e o outro é servidor da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta