Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

TRANSPLANTE DE CÉLULAS TRONCO EM BEBÊ COM PARALISIA CEREBRAL OCORRE COM SUCESSO

Publicidade

Durante mais de 20 anos, as células-tronco do Sangue de Cordão Umbilical tem sido usadas para tratamento de várias doenças malignas do sangue e genéticas. Hoje 51% dos transplantes de células-tronco são realizados com as células de cordão umbilical, superando a utilização das células-tronco da medula óssea.

“Diversos estudos já demonstraram que células-tronco do sangue de cordão umbilical possuem uma concentração mais elevada de precursores do que a medula óssea e com uma capacidade de auto-renovação e de migração superior a de células de medula óssea”, afirma Dr. Elíseo Sekiya, consultor científico da Cordcell, empresa pioneira na área de Terapia Celular, único centro de criogenia do país que disponibiliza aos seus clientes, sem custo, a infusão das células-tronco se necessário e responsável por coletar as células-tronco do filho de Juliana Paes.

Neste protocolo de pesquisa, a Cordcell, que possui uma avançada estrutura laboratorial com o que existe de mais moderno em terapia celular, junto à maternidade Perinatal, no Rio de Janeiro, instituição em que é credenciada, realizou com sucesso no último dia 26, sem complicações clínicas, a infusão de células-tronco do cordão umbilical em um bebê , que nasceu dia 14 de dezembro com paralisia cerebral e, devido a família ter coletado as células-tronco do filho logo que ele nasceu, a maternidade aconselhou os pais a fazerem o transplante de células-tronco, em virtude do protocolo de pesquisa.

www.cordcell.com.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta