Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

TI em saúde terá forte crescimento

Publicidade

Tecnologia de informação para o setor de saúde é um dos segmentos que mais rapidamente cresce dentro do mercado global de saúde avaliado em US$ 1 trilhão. E, de acordo com levantamento da Scientia Advisors, esse crescimento deve continuar até 2013.
O documento da empresa mostra que o mercado para TI em saúde vem crescendo a taxas de 11% ao ano e esse ritmo deve continuar nos próximos quatro anos.
Para continuarem competitivos, os fornecedores precisam estar alinhados às iniciativas governamentais, sistemas dados eletrônicos de saúde, softwares para tomada de decisão e também ficarem atentos aos competidores emergentes na Ásia e em outros países do mundo em desenvolvimento, apontou o estudo. TI para saúde crescerá de 4% do total de produtos para o setor em geral para 5%, um aumento de 25% no market share, informou a Scientia.
Os gastos com TI no setor de saúde nos Estados Unidos serão focados em sistemas de dados eletrônicos de saúde, sistemas de informações departamentais, além de outros investimentos. Alguns hospitais de menor porte devem escolher algo de risco menor e também de custo mais baixo. Dada ao ambiente de recessão, é provável que os fornecedores financiem esses investimentos. “Sistemas de suporte à decisão clínica também causarão profundo impacto em diagnósticos clínicos e terapêuticos”, informou a Scientia. A companhia informou ainda que, no longo prazo, inovações como softwares de código aberto e como serviço podem liderar uma baixa nos preços.
No Brasil, existe uma forte movimentação desse setor, mas a TI ainda é muito carente na maior parte. Grandes projetos e situações mais avançadas são encontrados em hospitais privados nas grandes cidades, mas CIOs estão comprometidos em tirar o atraso que este segmento tem em adoção tecnológica.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta