Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Superfície de nanopartículas X toxicidade pulmonar

Publicidade

A reatividade da superfície de nanopartículas e seus efeitos na toxicidade pulmonar foram discutidos pelo pesquisador David B. Warheit durante o 7º Seminário Internacional de Nanotecnologia, Sociedade e Meio Ambiente, promovido pela Fiocruz, de 10 a 12 de novembro, no Rio de Janeiro. De acordo com Warheit, do Centro Global DuPont Haskell para Ciências Ambientais e Saúde, nos Estados Unidos, a toxicidade pulmonar de nanopartículas estaria mais associada à reatividade da superfície do que à dimensão nanométrica em si.
Warheit apresentou estudos feitos com nanopartículas de dióxido de titânio e quartzo. Usando modelo animal, foram comparadas partículas de quartzo de diferentes tamanhos. As partículas de 500 nanômetros produziram uma toxicidade pulmonar maior que as de 50 nanômetros, mas similar às de 12 nanômetros. A correlação entre as partículas e a toxicidade pulmonar ficou mais clara quando, em vez do tamanho, utilizou-se a reatividade da superfície como parâmetro de comparação. Resultados semelhantes foram observados com partículas de dióxido de titânio.
“Características da superfície parecem desempenhar um papel importante no desenvolvimento da toxicidade pulmonar relacionada às partículas”, diz Warheit. Segundo o pesquisador, além do tamanho e da área superficial, várias características físico-químicas podem estar associadas à toxicidade das nanopartículas, como reatividade, revestimento, potencial de agregação/desagregação e método de síntese.
Leia mais:
Seminário destaca perspectivas da nanotecnologia
Índice é criado para prever comportamento de nanomateriais
Resíduos da nanotecnologia traz riscos para ambiente 
Nanotecnologia aplicada no setor da saúde 
Efeitos tóxicos de nanotubos nos pulmões de animais 
*Em breve veja o compilado do Especial Nanotecnologia no Saúde Business Web
Você tem Twitter? Então, siga  http://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta